Comi a enteada por acidente

Um conto erótico de LoboSafado
Categoria: Heterossexual
Data: 19/11/2020 23:16:38

Direto aos fatos, sou Fernando (fictício) 43 anos casado com Anne (fictício) 35 anos.

Tenho 176cm 74kg olhos castanhos claro, corpo definido.

Anne tem 163cm 69kg olhos verdes, ruiva com muitas sardas, bunda grande, coxas e quadril largo e seios pequenos.

Moramos juntos a 5 anos Anne é uma excelente namorada o primeiro ano morando juntos foi igual conto de fadas, felicidade transbordando regada a porções de sexo deliciosamente bem feito essa Ruiva sabe como ordenhar um pau desde a boca até a boceta e principalmente o cu, mas só tem um pouco de frescura referente a gozada na boca ela odeia fica um demônio de brava (respeito).

Hoje em dia estamos transando muito pouco apenas uma vez por mês acho que a relação está esfriando, mas não consigo fazer melhorar o que tem me deixado deprimido acho que pode ser o fato de Anne estar tomando antidepressivos por isso jamais vou forçar (a respeito incondicionalmente).

Anne tem uma filha de 17 anos do primeiro casamento que mora com o pai Micheli (fictício) como carinhosamente chamo de Mimi.

Mimi sempre vem passar as férias escolares conosco, mas nossa casa é pequena apenas 2 quartos onde o segundo é um escritório o qual possui uma cama retrátil para visitas onde instalamos a Mimi para que tenha sua privacidade.

Conheço Mimi dede que tinha 12 anos então a vejo como uma filha sem maldade alguma, mas neste último ano ela espichou e mudou muito criou bunda as coxas ficaram grossas e um peito maior que o da mãe e bem bicudos (acho que o fato de ver ela a cada seis meses amplificou isso).

Mimi anda muito melosa extremamente carente sempre pede para dormir no nosso quarto dizendo que tem medo de trovão e vampiros ou de algum barulho qualquer e passou a ter mais contato físico comigo brincadeiras de lutinha sempre me fazendo cócegas nunca vi malícia mas tenho notado que as vezes parece que ela está se esfregando em mim morro de medo que Anne pense que estou sentindo tesão e me aproveitando da guria ela me mataria com certeza, pois, as vezes vejo ela me olhando com aquela cara de demônio enfurecido, mas pelo bico sei que é ciúmes por Mimi ser muito apegada comigo mais do que com ela. (ela tem muita dificuldade em criar um laço com a filha)

Sempre que Mimi pede para dormir conosco Anne faz uma cara de raiva pois Mimi ronca muito e bem alto por ter um problema de adenoidite o que faz Anne dormir com ódio de qualquer coisa que se mova ou respire (principalmente eu).

Sempre digo que sim pois sou mole não sei dizer não para Mimi... Anne me olha com cara de quem vai arrancar meu fígado com as unhas e sempre diz.

“Vou dormir no chão... e tu vai dormir na cama com ela pra tu ver como é bom... e se tentar descer vai se arrepender ouviu te mato! ” (ela tem um ar meio maligno as vezes sempre foi violenta).

Dei uma risada sem jeito e digo que é apenas um mimo que virando ela com jeito ela para de roncar nestas horas Mimi gargalha e pula na cama enquanto Anne diz hoje vai tomar dois remédios para dormir falo para ela ter cuidado pois tomou umas 4 latas de cerveja e pode capotar e eu já tinha tomado algumas também.

Ela brilha os olhos e grita.

“Que ideia maravilhosa vou tomar um porre... assim eu apago e não sofro”.

E saiu correndo até a cozinha trazendo duas latas para cada um como Mimi já tem 17 anos não havia sentido em regular que ela bebesse em casa... temendo uma longa e dura noite de roncos bebi e fui buscar mais duas Anne e eu tomamos, mas Mimi disse que ia pegar suco porque a cerveja deixava a boca amarga apesar de ter tomado duas latas inteira e Anne pediu para que ela pegasse a bolsa com seus remédios tomou dois com a última golada de cerveja deitou e falou.

“Podem pular carnaval hoje eu não acordo mais vocês que se virem. Boa noite e quem me acordar cedo terá uma morte dolorosa amanhã” (ela me dá medo as vezes).

Mimi falou.

“Toma esse suco papai para não ficar com bafo de cerveja na minha cara por gentileza. Grata”.

O suco estava com um sabor esquisito estava empelotado achei estranho mas bebi e me parti de dar risada após alguns minutos começa um ronco meio grosso pensei meu deus a cerveja tombou a guria Anne acende a luz e me olha com a cara de filme de terror como se fosse me rasgar ao meio e digo a ela.

“Calma amor olha só, tu vira ela para o outro lado que ela para na hora. Olha só”.

Fiz com a maior gentileza segurei acima do seu peito e em suas costas e girei ela mudando de lado sua posição... ela parou o ronco instantaneamente Anne não sei se por efeito do remédio ou álcool ou por ciúme só me mostrou os dedos do meio e deitou igual uma criança birrenta pisando duro falei pra ela sem me tocar que Mimi estava ali e poderia estar acordada. (acho que estava mesmo)

“Anne tu tá precisando levar uma bela surra de pau nessa boceta melhor remédio pra curar esse cu doce sabia é uma gozada funda e surra de pau na cara” (fiquei puto falei serio mesmo as vezes enche o saco esses joguinhos ela percebe que passou do ponto e se cala e emburra).

Dei uma cochiladas e estava sentindo um calor muito estranho minhas mãos estavam quentes sentia meu rosto pegando fogo e senti meu pau duro quase dolorido como um palanque e não conseguia dormir meu peito estava acelerado me senti assim uma vez que tomei Viagra em uma fantasia sexual da Anne entre alguns cochilos sentia um estimulo no meu pau mas ignorei tentava achar uma posição mas não consegui acordava sempre com o peito acelerado e a sensação de algo me tocando e então senti uma mão quente segurando meu pau com firmeza pela base no meio da escuridão do quarto... pensei em silencio ahhhhhhhhhh sua cadela fez esse drama todo, mas não aguentou ficar longe de um carinho no pau deu algum jeito de colocar viagra na minha cerveja essa cadela mas fiquei em silencio.

Ela batia uma punheta com uma maestria incomum de leve segurando pela base um pouco diferente de como costumava fazer e agradeci em meus pensamentos aleluia depois de 5 anos e ela aprendeu a segurar o meu pau sem agressividade.

Aquela punheta estava maravilhosa já estava em um ritmo acelerado estava com medo de procurar sua boceta e ela parar e voltar a dormir como já tinha feito dezenas de vezes mas não resisti quis sentir a buceta dela molhar meus dedos coloquei minha mão sobre ela e fui tateando até achar sua cintura então ela parou a punheta imediatamente pensei pronto vai começar o cu doce enfiei a mão dentro do elástico do short e fui direto para aquela boceta Deus estava melada e dava para sentir aquele mel espesso molhou minha mão toda nunca ficava molhada assim estava adorando amo suco de boceta sou apaixonado fui dedilhando sentindo os grandes lábios quando introduzi um dedo escutei um gemido abafado.

“Ahhhhhhhnnnnnnnnnnn”

Falei cochichando só que falei meio mole acho que por causa das cervejas estava meio bêbado.

“ANNE shiiiiiiiu tu vai acordar a MIMI”

Quando falei isso a punheta voltou na hora e passou a segurar meu braço com as unhas puxando contra aquela boceta... a maneira que segurava meu pau pela base já estava me levando ao delírio meu pau latejava e babava anunciando uma gozada farta com vários jatos expirando devido ao longo tempo sem uma transa, mas que loucura fazer isso com a Mimi no quarto a Anne não era de fazer isso... não aguentei e trouxe a mão na boca para sentir o sabor daquela boceta e o cheiro maravilhoso de fêmea no cio pronta pra receber pau... aquilo foi como jogar fora o ultimo pingo de juízo que tinha sobre a situação ativou meu modo prostituto queria a boceta e queria agora.

Virei de lado e puxei aquele corpo para perto veio com muita facilidade estava leve demais mas notei que tentou fugir a princípio mas agarrei o short pela lateral da cintura e desci com calcinha e tudo notei que ela foi para frente estava quase fugindo dando gemidos contínuos bem baixinho ficava nesse charme tendo dúvida se iria ceder ou não, mas se afastava tentando fugir fazendo esse cu doce que aumenta ainda mais meu tesão.

Minha namorada ama que a chame de puta, vagabunda e minha prostituta cheguei no perto e disse quase ronronando no ouvido dela.

“Hoje vou tirar o atraso da boceta da minha puta. só não grita por causa da Mimi se comporte como a vagabunda que eu amo deixa logo teu macho te foder até ele inundar esse útero com muita porra quentinha”

Na hora que falei senti a bunda vir pra trás e colar na minha cintura rebolando igual uma depravada desarmei qualquer resistência daquela cadela e meu pau cutucava aquelas coxas dava pra sentir o colchão molhado aquele cheiro de sexo forte e o lençol todo babado com suco de buceta fiquei dando pinceladas naquela bunda senti uma mão quentinha direcionar ele na entrada e fiquei brincando na portinha pra judiar dessa cadela mimada que ama fazer drama fui introduzindo a cabeça e deixava escapar fiquei fazendo isso até ela virar e dizer com a voz meio forçada e grossa.

“Vai amor... entra amor... entra vai... põe tudo... me come logo amor”

Sabia que tinha costume de dar uns gritinhos então tapei a boca dela de proposito com a mesma mão que estava com cheiro de boceta ela ama isso fica muito excitada.

Estava apertada e parecia diferente mais quente muito mais molhada ele entrava até um pouco mais da metade meu pau é bem cabeçudo tem 18cm e parece um cogumelo a cabeça é saltada igual um chapéu eu tinha que tirar para fora, pois, o gozo vinha muito rápido e queria prolongar aquilo o máximo possível então tentei segurar aquela puta pelo cabelo como ela gostava de ser dominada quando meu coração parou e entrei em estado de choque Anne tem cabelos no ombro ruivos, mas Mimi tem cabelo bem curtinho e a ficha caiu.

Meu deus estava com o pênis completamente enfiado na boceta da Mimi já estava comendo ela a uns 15 minutos meu deus minha enteada de 17 aninhos não era mais virgem? Entrou tão fácil estava ordenhando meu pau com a buceta e tinha batido a melhor punheta da minha vida. Que porra estava tão gostoso não tive nenhum controle. O que foi que eu fiz.

Aí lembrei que Anne tinha empacotado com remédios eu também tinha bebido e Mimi que tinha deitado na cama.

Notei que ela virou engrossou a voz e falou meio forçado.

“Dormiu Amor? ”

A danadinha estava querendo se fazer passar pela mãe será?... A está altura do campeonato comecei a estudar as opções, mas a única coisa que vinha a cabeça é que com certeza absoluta Anne iria me esquartejar ou me queimar vivo ainda estava tentando decidir o que seria pior esquartejado ou queimado?... Mas então a Mimi começou a fazer movimentos com a vagina como se sugasse meu pau era muito gostoso nunca tinha sentido uma massagem de boceta o pau sendo sugado ela o apertava com pressão ficava fazendo isso e o fazia entrar mais fundo e aquela depravada era hábil sua boceta mexia de um jeito que tive de tirar com tudo porque iria gozar com certeza quase não deu tempo fiquei batendo ele forte em sua boceta para enganar o orgasmo e prolongar mais um pouco aquele sonho.

Sentindo os lábios daquela boceta molhada recebendo as batidas da cabeça do meu pau o barulho que fazia e espirrava gotas do nosso suco por nossas pernas ela gemia de um jeito sensual parecia estar em transe.

aquilo me venceu completamente o cheiro de sexo subindo no ar me enlouquecendo já estava fodido mesmo de qualquer jeito pelo menos ia terminar... virei ela de frente e montei nela arregaçando suas pernas pude sentir a diferença dos corpos ela era menor que a mãe mais franzina ela tentou sair de todo jeito acho que pensou que eu iria perceber e neste momento eu decidi que ia dar uma de bêbado fiz uma voz de alcoolizado e falava no ouvido dela o nome da mãe.

“Goza Anne goza minha puta... rebola gostoso... Só não grite pra MIMI não acordar... ordenha esse pau vamos jorrar minha porra nessa boceta... Anne quero sentir a minha cadela gozando...vou empurrar toda minha porra dentro do útero quentinho da minha prostituta.”

Me senti muito idiota em imitar um bêbado enquanto falava isso referindo a mãe dela sabendo que meu pau dentro da filha, mas ela passou a gemer forte e me beijou com força enfiava a língua na minha boca e sugava minha língua igual uma depravada senti meu pau ficando molhado enquanto unhas se fincavam na minha bunda eu empurrava tudo conseguia sentir o toque no colo aquele selinho gostoso que o pau da na boca do útero quando chega no finalzinho minha cintura já dava uma bombada firme nela fazendo um barulho de estalo e ela dava um gemido gorfado “Huuuunnnfffffffffffffff... Huuuunnnfffffffffffffff... Huuuunnnfffffffffffffff... Huuuunnnfffffffffffffff” acho que era a primeira experiência dela com um homem maduro de verdade e não moleques adolescentes... estava gozando muito podia sentir meu saco escorrendo seu mel para minha surpresa ela fala com sua voz normal mesmo.

“Vai amor quero sentir... expirar porra no meu útero expira... vai fode sua prostitutazinha...vamos ver quanta porra cabe nessa boceta... vamos... vamos... vamos”

E enfiou a língua no meu ouvido aquilo foi igual apertar um botão meu pau latejou totalmente introduzido naquela boceta fui sentindo aquela descarga de prazer e fiz senti as expiradas a primeira foi como um jorro seguido de várias batendo nas paredes daquela boceta ela deu um gemido alto pude sentir ela cruzar as pernas pra me impedir de sair antes de terminar de inundar aquela boceta jogava o corpo pra frente na intenção do meu pau cabeçudo conseguir empurrar toda porra pra dentro do útero da minha putinha depravada só senti ela dar um espasmo de susto acho que ela nunca tinha ganhado leite dentro desse jeito depois fiquei indo em um vai e vem suave não queria tirar porque ia formar uma poça de porra na cama acho que ela deu mais uma gozada ou teve um squirt porque senti um jato quente e molhado na cintura .

Viramos de conchinha e dormimos acordei com ela as 6 da manhã me puxando assustada dizendo que fez xixi na cama por causa da cerveja e que me molhou também acho que ela jogou suco na cama pra disfarçar a mancha de porra que escorreu dela e o squirt que ela teve porque estava muito molhado e cheirava abacaxi fiz sinal para ela fazer silencio tirei toda a roupa de cama saímos do quarto pra não acordar a Anne que iria virar o demônio na terra se acordasse antes do meio dia... ela estava muito aflita eu agi como se não lembrasse de nada e tranquilizei ela disse que isso é completamente normal que fazer xixi na cama é sinal de boa sorte porque sonhou com fogo ou levou fogo e dei uma risada.

Ela deu um sorriso completamente malicioso e ficava me perguntando se eu dormi bem e se ela tinha roncado muito ou me atrapalhado dormir.

Disse que não lembrava nem como tinha chego na cama e que tinha sonhando um sonho muito gostoso com a mamãe ela só perguntou.

“A é e a mamãe fez tudo direitinho no sonho contigo? Ou ficou brigando contigo como sempre? “

Dei risada e ela toda nervosa só falei.

“A mamãe no sonho me surpreendeu fez tudo direitinho do jeito que eu mais adoro e muito melhor ainda... Pena que foi no sonho né porque no real ela resmunga muito mesmo e tenha dó para aguentar aquele pacotinho de mal humor. “

Dei uma gargalhada e ela ficou com um sorriso de satisfação, como ela tem Diu não me preocupei com a gozada precisava era lavar logo aquele lençol para não dar suspeita.

Essa foi uma história real.

Deixe seu comentário se gostou.

Logo posto mais aventuras com ela.


Este conto recebeu 72 estrelas.
Incentive LoboSafado a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/11/2020 07:15:49
Delícia de conto! Como observou o Observador rsrs conto é bom porque faz o impossível acontecer hehehe. Parabéns! Ficou muito excitante! Beijos 😘😘😘
23/11/2020 11:18:23
Queria ler mais ta muito bom isso já li todos
22/11/2020 11:10:45
Olá Kebel12 toda crítica é sempre bem vinda tentarei melhorar nos próximos relatos obrigado pelas dicas.
22/11/2020 05:34:20
Muito bom! Sensacional! Só chamo a sua atenção para a falta do uso da vírgula em algumas frases.usar letra maiúscula no início das frases ,uso de dois pontos(: ) para indicar que o personagem vai falar,e também travessão ( - ) no início da fala da personagem.. VC TAMBÉM está usando muito as aspas " só use esse recurso para dar um destaque na frase e não para indicar as falas das personagens. Mas fora isso o conto é ótimo
22/11/2020 01:24:58
Se vc achava que ela era virgem, como no final vc diz que ela usa diu? Mas o co to e mto bom
21/11/2020 23:35:24
Delirei com a safadeza de vcs. Muito bom
21/11/2020 20:05:13
Gostei , continue véi....rs
21/11/2020 11:17:01
Espero que gostem amigos tentarei sempre trazer uma grande quantidade de detalhes das nossas aventuras.
21/11/2020 08:17:08
Parabéns
20/11/2020 21:09:23
20/11/2020 21:09:16
Excelente conto.
20/11/2020 13:25:54
Muito bom. Mulheres, casadas, solteiras, noivas e evangélicas chama no whats, para novas amizades ou algo mais... ONZE, NOVE, SEIS, UM, TRES, OITO, TRES , TRÊS , QUATRO, OITO beijos nas ppks
20/11/2020 12:03:20
Que mãe iria dormir no chão pra filha adolescente dormir na cama com o marido e esse marido não é o da filha dela?contos são bom por isso o impossível sempre acontece
20/11/2020 09:44:43
Muito bom esse conto. Continue a escrever mais.
20/11/2020 07:18:02
Nossa que delicia de conto, queria uma enteadinha dessa hummm, seriq
20/11/2020 00:07:21
Fiquei toda molhada queria ser essa menina
19/11/2020 23:44:28
Ficou mt bom, conta mais.

Listas em que este conto está presente

Mimi a enteada perfeita
Nesta lista reuni os principais contos envolvendo a Micheli descrita nos relatos como Mimi
Black Friday Casa dos Contos


padastro abusa das intiadinhascontos da cona esporradavídeo de novinha querendo perder a virgindade com japonês cobrando no gesso XVídeoseu quero ver o homem estrupando a mulher comendo o c* dela periquita e gazelaconto erótico gay o riquinho e o favelado 30Irmas casadas taradas carentes cendo enrabadascontos eróticos gordinho afeminadomamaezinha como vc é taradacontos eroticos malv comendo as interesseirapai arracando cabasso du cu dafilkaquero ver empregada de marquinha nos peitinho duro lavando roupa no pornodoidoasxxxxxcmosou casada o meu cunhada me estorou a bucetinha contoscontos eiroticos leilaporncontos eroticos aluguelquero ver a morena sexo gostosa batendo p****** com pau do homem roxinho e g****** pela b*****cabeção cantando xeretandoXvidio incesto erotico mamae chinesa sedusindo filho pa sexoLukinhas contos eróticos gaysassistindo filme com a tia e perder pra dica abraçadinho xvideosvideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhox vídeos enquantoo novinho se masturbavaaté gozar o negão metia lhe a picaCoroas bundonas fudendo muito e chorando napiçawwwmae acordada com rola no cufotos de bucetas bem novinhas cendo aronbadascazadas..trazas.moteu..baixadas.rjporno com egua pordrinhamagrinha gtz sentando de costaseduzindo o marido da amigaXVídeos minha sogra mestre de obra de casacumendo cu da assistente social do capscontos eroticos uberContos eroticos cruzar nosso são bernardovídeos amador de homem tirando a calcinha da mulher no ônibus e ela fingindo que tá dormindomeu primo me pegou cagando e comeu meu cuzinho me chamo vanessaconto erotico meu/marido transou comigo e meu sobrinhocomendo o cu da nora - contos eróticosminha esposa me surpreendeueu chego do meu colégio tenho 18 anos e estou louca para transar com meu tio e meu tio tá com a piroca dura e parado para responder agora e vou deixar ele gozar no meio da minha Rachinhaconto erotico chatagiada e obrigada a ser escravacontos confiei que era so a cabecinha analesposa do tio de leg contoscontos eroticos netinha novinha estuprada pelo avoporno incesto pai finge de bebe para comer a filhaxnxxnega de calcinhaporno madastra fodendo enteados ninfetosGlory hole em banheiros publicos conto realdoce nanda parte cinco contos eroticosconto mariano super excitadocontos de pau preto e grossocontos de sentadinha com o cuzinhoContos de sequestro e feminizaçãopeso d porrta gatinhaque baita bocetao dona sandracontos eroticos de tia bolinando sobrinha menor de idadecontos eiroticos leilapornginecologista contos novinha bucetaPornopiroconaporno negue pintao comend buctwww.casadoscontos branquela arrombadatentando comer a primaCONTOS EROTICOS FACEFUCKxvidios porno coroa com rapaizinhotextos e contos eroticos para baixar no celula primo tarado w pauzudocontos eroticos aluguelcontos.eróticos gay o negro da rola grossa e cabeçuda me arrombou e virei sua esposa econtos enfiada no cuContinuasao do video porno do pia esfregando na mae video chinesestrupo a noviha arobam buceta e ela manda paramuilhere.gozandu.treis.vezisnovia mastubano com o pigelo de fora e gritano de tezaoXvidio tigrinhaxvideos cangáceiras eroticasa gozano fortemulher mais griluda gordas wbbshortinhos de jogadoras lycra lycra gigante gostosocontos eroticos com padrasto estupro gosteiPecadoras donos bola xvideospornocontoincestoscontos eróticos entre irmãosminha vadia aprontou comigo mas pago me dando cu