CONTO REAL DE UM DOMINGO À NOITE, NA QUARENTENA. EU QUE ME ACHAVA COMEDOR...........................

Um conto erótico de Mfofinho
Categoria: Trans
Data: 25/06/2020 18:56:54
Nota 10.00

CONTO REAL DE UM DOMINGO À NOITE, NA QUARENTENA.

EU QUE ME ACHAVA COMEDORMinha vizinha, uma mulher maravilhosa, loira aparentemente original, olhos azuis e muito bonita, mais alta do que eu, por perto de 1,80, daquele tipo falsa magra, com muita coisa pra pegar e uma sintura fina, peitão e bundão, e ainda muito simpática. Mulherão mesmo, JENNIFER, nome real. Uma Deusa com 28 anos. Eu, gordinho, quase o dobro da idade, tímido, um cara normal. Segue relato de um sonho, minha primeira vez com uma maravilhosa, e logo vcs vão entender do que eu tô falando. Uma tarde dessas de quarentena, monótona como todas, ao sair de casa para colocar o lixo na porta, já que o lixeiro passava na manhã seguinte, vi uma loira maravilhosa do outro lado da rua, que fazia a mesma coisa, arrumava o lixo. Nos cumprimentamos educadamente e foi então, para minha surpresa, que ela chegou mais perto da calçada e começou a puxar conversa sobre a quarentena. Então atravessei a rua e cheguei mais perto, mas ainda mantendo uma boa distância, afinal, estamos no distanciamento social. Para encurtar, depois de uma meia hora de conversa e descoberto que os dois estavam trancados em casa há mais de 3 meses, sem riscos de contaminação, resolvemos jantar juntos à noite para quebrar a monotonia. Ela me convidou para ir a casa dela que iria fazer uma especialidade, naquele mesmo dia. Jantar marcado, para 7:00hs. Nos despedimos de longe e voltei para casa, aqui se janta cedo kkkkkk.

Aí começaram os pensamentos: uma janta só? Sexo depois? A mulher é maravilhosa, meu Deus. Banho tomado, bermuda e camiseta, na hora exata vamos lá. Casa bem parecida com a minha, aqui neste País isso é muito comum, condomínios com casas iguais. Decoração bonita. Ela estava maravilhosa, de vestido não muito curto, mas bem justo, vermelho, mostrando todas as suas curvas, que não eram poucas. Uma delícia. Conversamos um pouco sobre tudo: pandemia, profissão, namorados ......os dois solteiros. Bom começo. Pronto, tava ficando bom. Então fomos para cozinha jantar, janta comprada congelada, ótimo tb, muito comum por aqui. País da praticidade. Voltamos a sala e novamente conversamose qdo o assunto estava para o lado do sexo, preconceitos, etc, rolou um beijo tipo selinho. Investida minha. Ela ficou meio assustada, não esperava eu acho. Pensei comigo: estraguei tudo......, só que não, ela levanta e diz:

Vc disse ser liberal e aceitar tudo né?

Nada te assusta né?

Respondo sim, balançando a cabeça e já meio preocupado. Mas..... já falamos sobre isso, não estava brincando.

Tudo mesmo? Ela pergunta?

Só balanço a cabeça novamente e digo: tudo que for bomFoi então que ela me puxou pela mão, me levantou do sofá e me beijou, aquele beijo de namoradinha bem gostoso e demorado. Qdo a coisa começou a esquentar ela me empurrou para o sofá e disse: vou vestir algo melhor....e saiu da sala rindo kkkkkk. Pensei comigo, hoje e dia, mais de 4 meses de jejum, hoje vou comer a gostosona.

Ali fiquei sentado e esperando.....qdo vem a Jennifer, este é seu nome, até o nome é gostoso, kkkk, em uma lingerie preta maravilhosa, com um decote que saltava os peitões. Que maravilha. Ela então senta como se fosse cavalgar em mim e inicia um beijo de língua, aí sim, como uma mulher querendo sexo. Aí começa aquela pegação, pego nos peitos, aperto, já meio pra fora beijo, chupo, maravilhosos, com silicones e gigantes. Tudo que eu gosto, quem não gosta né. A coisa esquenta mais e sinto uma pressão na minha barriga, mas a empolgação é tanta que nem me dei conta, e continuamos a nos amassar. Sentia meu pau duro e amassado dentro da bermuda, mas estava preso com ela em cima e não conseguia me mexer. Mas tava bom demais o rala e rola e continuamos assim por algum tempo.np melhor da coisa, de repente vejo um pau enorme escapando da camisola e roçando no meu abdômen, barriga né. Parei, reação normal eu acho. Ela me diz então: não tinha percebido nada? Foi mal? Quer que eu saia daqui?

Passa uma vida na sua cabeça naquele instante, na verdade, eu há tempos queria algo assim, até tinha pedido para uma amiga puta no Brasil, que trepamos sempre qdo volta pra lá, arrumar uma trans amiga dela para sairmos os 3.....acabou não dando certomas outro caso.

Minha resposta foi instantânea, não falei nada, somente peguei no cacete e comecei admira-lo, alisar, punhetar. Foi então que ela abre um sorriso e diz: já fez algo assim antes? Mão delicada, parece experiente. E o pau já endurecendo na minha mão, aquela cabeça rosada enorme, suculenta, ficamos ali alguns minutos, em silêncio, o pau já bem duro a esta hora, apontado para cima. Foi então, que ao mesmo tempo, que respondi dizendo não, abocanhei aquele caralho enorme e comecei a chupar e punhetar. Mudamos de posição e ela sentada no sofá com as pernas abertas e eu ajoelhado no chão mamando aquela tora. Foi só então que vi o tamanho real daquilo. Dava uns 2 do meu.kkkk mas não parei. Chupava e me deliciava matando uma vontade antiga, realizando um sonho. Foi qdo pensei ainda chupando.......será que ela vai me comer com isso tudo? Nem pensar... mas ela não vai querer o meu pau, metade do dela. Hum, acho que hoje vou ser a menininha mesmo. Tudo passava na minha cabeça, foi qdo ela

me puxou e tascou um beijo de língua maravilhoso, poucas beijam assim. Levantamos e de mãos dadas, me levou pra cama onde começamos um novo rala e rola, beijos molhados, amassos, passadas de mão, tudo que tem direito. Só aí ela retira minha bermuda, que estrategicamente estava sem cueca e pega no meu pau, já bem duro, mas perto do dela, uma criança kkkk, deu até vergonha, aí falei pequeno né? Ela vem e cai de boca nele, chupa bastante e se delícia com ele tb, chamando de gostoso.......então responde: tamanho não importaAí me pede pra chupar aquela tora novamente, e eu obedeço de imediato, num 69, qdo comecei, ainda mole, consegui colocar quase todo na boca, mas rapidamente fui sentindo aquilo crescer na minha boca, e realmente ficou enorme, foi aí que me contou ter 22cm, só conseguia engolir até a metade depois de duro, que delícia, duro e ereto o tempo todo. Aí vem o que eu temia, mas queria. Com aquela voz maravilhosa ela diz: agora quero te foder, já deu esse rabinho antes? É virgem? Sou carinhosa, não se preocupe. E então me perguntou em que posição eu queria levar o ferro kkkkkk, sempre imaginava de ladinho, nos meus fetiches, mas nem sei pq, falei que era de quatro, mas vai devagar, com muito cuidado. Cuzinho nunca recebeu uma pica. Ela riu como se não acreditasse. Mais Risadas dela kkkkkk Experiente, chupou meu cuzinho como nunca ninguém tinha feito, lubrificou muito e foi colocando um dedinho, sempre com beijos e carinhos, incrível. Troca de dedinho por um maior......ainda eu chupava e me deliciava com o caralho dela. De repente ela levanta, fica em pé ao lada da cama, lubrificou meu rabinho novamente e disse com uma voz doce: agora sua vida vai mudar, vou te foder e te transformar em minha puta. Aquilo aos meus ouvidos soou como um sonho mesmo. Meu Deus, que loucura, e começou a tentar penetrar, no início foi foda, só de tentar colocar a cabecinha, doía pra caralho, tentei sair e ela me segurou pela sintura e disse: calma amor, relaxa, abre o cuzinho pra mim, vc quer, eu sei. Mais gel e nova investida, doeu novamente e escapei para frente. Com paciências ela me puxou, beijou, e disse: calma minha putinha, agora vai ser comida, vou enterrar tudo em vc e vc ainda vai pedir mais. Kkkkk. Um misto de medo e tesão tomou conta de mim, mas era isso mesmo, queria dar o rabo pra gostosa do cacetão, e a hora era aquela, tinha que conseguir. E então veio a terceira tentativa, mais um pouco de gel e aí sim, senti a cabeça entrando bem devagar, uma dor forte, parecia que estava me rasgando todo, mas com um tesão incontrolavel, foi então que ela parou e perguntou se estava tudo ok e, qdo fiz sinal com a cabeça que sim, e como vcs sabem, passou o boi, passa a boiada, kkkkkk senti a coisa escorregando e me arrombando lentamente,pronto, agora a tora estava toda dentro do meu rabinho. Era uma mistura de dor e tesão, mas foi aí que ela disse: quietinha minha putinha, precisa acostumar com a pica no rabo pra não machucar e parar de doer. Ficamos assim parados por um pouco, que tesão, a pica pulsava, dava pra sentir. E realmente a coisa acomodou-se e parou de doer. Com pequenos movimentos, bem devagar, eu fui balançando e iniciando um vai e vem, eu estava bem, não podia acreditar naquilo, um pau enorme no rabo, estava me realizando. Coloco a mão e vejo que ainda não estava inteiro dentro. Aveeeee. E eu achando que já tinha ido tudo, tolinho......Estava gostando, e muito, será que sou viado??? Acho que não, não gosto de homem, nenhuma atração por eles. Deixa pra lá isso, não é hora - pensei......Começamos novamente com movimentos ainda leves, um pouco mais firmes e que me lavaram a loucura, que cacete, ela realmente metia muito, foi então que começou a acelerar o vai e vem, batia na minha bunda e ainda conseguia me foder e beijar ao mesmo tempo, incrível. Falava putarias na minha orelha, do tipo: abre mais, vou colocar tudo, vai vadia, toma rola, gosta de pica? Crauuuuu....que delícia. Isso durou alguns minutos, então, fui escorregando para frente e deitando na cama de barriga pra baixo com ela engatada no meu rabo por cima acompanhando. Foi aí que o bicho pegou, a mina me abraçou, me beijava e começou a foda frenética, com força, pegada boa mesmo, ela me fodia e ainda me chamava de minha putinha. Neste momento, eu que nunca tive uma pegada dessas, mas me achava normal e comedor, já me sentia realmente uma vadia dando o cu.. ela metia sem dó do meu cuzinho, mas eu gostava e pedia mais e mais. Fazia barulho ela socando, tipo filme pornô mesmo. Me sentia uma verdadeira vadia mesmo dando o rabo, pedia mais e mais, e ela correspondia. Depois de algum tempo pedi para mudar de posição, ela então perguntou se eu queria cavalgar, meio sem jeito, disse que sim e ela prontamente deitou com aquela tora apontando para o teto, foi então que sentei, e aí sim, escorreguei tudo pra dentro, agora já estava mais fácil, sem dor, senti então novamente meu rabo arrombado, fiquei enlouquecido, quicava freneticamente na pica dela, perdi completamente a noção das coisas, estava me comportando como uma vadia safada atriz de filme pornô e me satisfazendo com o caralho inteiro no rabo, e o melhor de tudo é que ela correspondia a minha excitação, me beijava e falava putarias como: que puta gostosa, senta mais vadia,......e assim foi por alguns minutos até que ela falou que estava na hora de mostrar quem mandava na foda e deu uma gargalhada gostosa kkkkkkk. Imaginei que não havia nada melhor do que aquilo que já estava passando, só que não, o melhor ainda estava por vir. Estava tão bom que eu não queria parar, mas......Me deitou na cama de frango assado, levantou minha bunda com um travesseiro, encaixou seus joelhos por debaixo, tipo papai e mamãe, eu com as pernas erguidas, me beijando e com o caralho duro como uma rocha já encostado na porta do cuzinho, veio o golpe final, de uma só vez. Crauuuuu. Senti as bolas batendo na minha bunda, um tesão nunca sentido antes, nunca havia sentido prazer igual, agora sim estava inteirinho dentro, certeza, não precisava nem conferir, kkkkkk, incrível, meu cu já arrombado aceitava aquela picona com facilidade e, parecendo uma máquina de foder, ela mete sem parar, com força, fazia um barulho enlouquecedor as socadas que dava na minha bunda, gemíamos e gritávamos como doidos, que loucura, que tesão, uma sensação inesquecível e sem igual, jamais poderia imaginar isso. Acho que toda vizinhança devia estar escutando isso.....danem-se, pensei, devem é estar com inveja. Isso durou sei lá, uma eternidade, até me levar ao orgasmo, sem se quer tocar no meu pau, comecei a gozar loucamente, minha porra espirrando nos nossos abdomens e ela me beijando e falando: goza minha puta, goza bastanteFoda fenomenal. Foi então que amoleci, depois do gozo né, sabem como é?...ela então retirou a pica de dentro, me beijou, tirou a camizinha, veio por cima e colocou o pau na minha boca, dizendo: minha vez...bebê, nem acreditei que ela ia fazer aquilo, depois de me transformar em puta, foder meu cu até...... ainda ia me fazer tomar porra? Com aquela voz doce, me manda chupar com força. Não tem como negar um pedido assim, então , sem pensar, obedeci como uma boa vadia que já era mesmo, abocanhei o bruto e começei a sugar como um bezerrinho esfomeado. Me posicionei melhor e chupei muito aquele cacetão. Minutos depois, chupando a tora dura, senti aquele pau enrijecer mais ainda na boca e então......a voz doce diz: agora.......e começou a jorrar, vários jatos de um leite quente, grosso, uma porra docinha, gostosa, que encheu minha boca, me lambuzou inteiro, ou melhor, inteira kkkkkk. Ela gritava e gemia. Peguei tudo, até a última gota, não perdi nadinha, foi então que ela veio e me beijou. Com a boca cheia de porra, me fazendo engolir uma parte e outra escorrendo pelas nossas bocas. Nos lambíamos como doidos, como se estivessemos disputando a porra gota a gota, não perdemos nata, que loucuuuuuuura, ainda me colocou o pau na boca pra eu lamber o restinho, deixando bem limpinho. Nunca imaginei que um dia fosse dar a bunda, virar puta, engolir porra e gostar, mas foi realmente incrível. Um sonho realizado. Jennifer é uma Deusa. Depois desse dia acho que não serei o mesmo nunca mais, como ela mesmo dissekkkk Obrigado gata, por esta noite incrível com essa experiência nova. Tomara que ela me chame pra jantar de novo...., ser jantado nékkkkkkk. Adorei.


Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive Mfofinho a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/06/2020 06:15:22
Nota 10
29/06/2020 08:05:58
Excelente

Online porn video at mobile phone


www.fotos.morena.rabuda.fudeu.abuceta.dlangeri.contos.eroticos.contos eroticos malv comendo as interesseiraquero ver o homem com p***** de 50cm deixando tudo na b***** das mulher fazendo a virgindade filme pornô nacional agoraas moleca tavam se pegando xvideoslevando pica do istrudor auto escola contoporno de coroucom novinhasporbodoido ledbicaXVídeos novinha Caboco apalpando o pau na goela da mulher e homem transandocontos de incestos surubas com irma em casa nusPenis flacido castrar contosxvídeosbuceta da linguonacomeminhaesposagostosa.comfilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetoo que é gozorolafazenda 2018gostosa se masturbano e gemendo em vizinha do intestino curto fodendomae sentou no colo do filho acidentalmente e sentiu sua pica endurecer embaixo da xoxotahomens gays a mamar na piroca vavada de leitevideos porno esposa e marido cagando juntos falameufioivania gemendopau extraordinariamente grande e grosso gozando dentro e arrombando a bucetinha apertadinha da menina novinhacontos tomei coragem e dei pro meu filho pauzudox vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadofazer downloader://xvideos.blog.br/negao-lhe-seduziu-apenas-pra-lhe-arrombar/contos eiroticos leilaporneu lembia a tua cona toudairma no banho contos eroticosnovinho roncano cabaco da novinhacontos eroticos coçando o pau na frente da enteadacontos eroticos malv comendo as interesseirawww.relato mulher de corno emgatou com cachorro.com.brcontoeroticosfudenopedreiro fodendo véia n refórmaxvideo pai comedo subria biba pequena novinhaxvideovizinhogayVidiopornoos cabaco.irma.e.irmaomulhers com roupas detigrinhasgosadascontos eiroticos leilapornfilmes porno de mulheres com tremideira durante o orgasmopornoalesbicaContos eu coroa casado amava o capataz negro coroa da minha fazendaContos eroticos velhosboquete da minha prima no meio da lavourra de cafe pornoimcesto com meu papai que pica enormepapai/texto/201705176contos eroticos texto louras cavalonasbonecadoprazefui comido e virei mulhercontos erotico meu filho me bateu e botou moralrebolhado vidiopornodoido transex deu pramimcontos eroticos com policial civil experientecomendo as coroasde shortinhoxvideoContos eroticos sinhazinha escravotexto de prima louca querendo pau na bucetinhacondo o marido sai potrabalho pornora voce se masturbarfotos de casais tranzandopContos eroticos de velhoxxxxxvido emfiando a mao no cuXxvidii ela vai toma ni cumagrinha gtz sentando de costamarido se distraiu e encoxei a esposacontos eróticos de zoofilia com entiadasX vedio amador vizita tia chupando penisMetendo na orelha da gostosa xsvidioporno gey contos eroticos perdi cabaso c meu primo guando criansaContos sexo eu e meu irmao brincando de lutinhacontos eiroticos leilapornSuruba inesquecívelxvideocontos eroticos meninas de vinte tres anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhovideos de bucetas intaladas na rola grossaporno negão comendo sapato na do grelo grandevideos caseiros de estrupos de vuneravrlContos eroticos humilhada e dominada pelo amigo do meu filho 2azsacetona gulosa chorando engolindo picarelatos íncestos tio e sobrinha dormindo nuas mulheres mais tratante do pornô de fio dentaltesaozinho de menina deixando o pai da amiga louco de tesaocasada traindo na lua de melemprego decente conto eroticowww.xvideos novinhas dando um emprevisto pra foderconto erotico velha casada banca negao pirocudovideo nwgao pisudo renta cu da travestimulher aprende como dirigir em cima do motoridsta pornôvideos porno gratis das loiiraas novinhas taatuadasvideos pornô de incesto madrasta de fio dental no quartoVer foto de mulheres mostrano a buceta e metenoXxvideosa as novilhasqualquer coisa enfio na buceta relatos Tranzando com as velilhas tetudas debicos grandeVaqueiro fazendo sexo com a plaquinhamenage masculino contos