Meu pai sente tesão em mim? Part 2

Um conto erótico de Filhinho
Categoria: Gay
Data: 23/04/2020 14:45:55
Nota 9.90

Eu estava atônito ainda sobre o que tinha rolado, ver meu pai daquele jeito, vendo vídeos de uma câmera escondida posta para me flagrar durante minhas idas ao banheiro. Me sentia confuso, porque uma coisa é ter desejos proibidos que apenas você sabe, mas outra é a realização desses desejos na prática, caso não tenha ocorrido com você eu lhe digo: ESSA MERDA DA MEDO E TESÃO.

Acordei lá pelas 9, o sol já entrava pela minha janela, me sentei na cama e pensei mais sobre a situação e decidi que quem tá na chuva é pra se molhar, quando meu pai pelado me vem a mente de novo meu pau da sinal de vida, não é muito grande mas acho que não faz feio a ninguém já que estou na média do brasileiro, 16 cm. Fui até meu banheiro e tentei lembrar mais ou menos onde a câmera estava, e comecei uma sequencia de apalpadas no meu pau por cima da cueca, tentei ser o mais natural possível, como se não soubesse da câmera me gravando. Tirei minha cueca e meu pinto pulo pra fora, minhas bolas pareciam relaxas e aliviadas pela liberdade. Sou um branco quase pálido, então a luz do sol que entrava pelo banheiro me fazia brilhar como o carinha de crepúsculo, poucos pentelhos marcavam presença em cima do meu pau, pentelhos esses castanhos como os meus cabelos que sempre estavam cortados com um degrade e um cabelo jogado pro lado.

Coloquei um pornozão no celular pra animar e deixei em cima da pia, fui socando uma punheta tão gostosa, meu tesão e minha exibição me levavam a loucura, uma mão e me masturbava e com a outra esfregava em meu corpo, passando em meus mamilos, meu pescoço, então lubrifiquei meus dedos com a boca e os levei ao meu cuzinho que naquele ponto piscava igual luzes natalinas. Fui enfiando 1, 2, quando cheguei no terceiro dedo meu corpo estremeceu então gozei vários jatos de porra em direção a pia, o que facilitou bastante a limpeza da cena do crime.

Tomei meu banho da forma mais sensual que eu conseguia o que me dava medo já que minha sensualidade se iguala a de uma marmota gravida, mas acredito que surgiu algum efeito. Me vesti e desci pra cozinha onde meu pai tomava seu café, com um óculos na ponta do nariz e jornal na mão, só notou minha presença quando me sentei na mesa.

Pai: Bom dia, meu bem!

Eu: Bom dia, pai.

Pai: Chegou muito tarde ontem?

Eu: que nada, tive duas aulas vagas. Voltei mais cedo ontem. - Meu pai me olhou com uma cara de quem acabou de ver um fantasma.

Pai: Chegou mais cedo? Que horas, mais ou menos? – Naquele momento tinha sacado que meu pai estava com medo de ter sido descoberto, então decidi fingi que nada tinha acontecido pra ver até onde isso iria.

Eu: A pai sei lá, quando chegue acredito que você já estava dormindo já que a casa toda já estava escura e seu quarto já estava trancado.

Pai: A sim, bom pelo menos você conseguiu descansar mais. Olha eu já vou indo e tenho varias coisas pra resolver com o Marcos, temos que ir até na cidade vizinha conversar com um novo fornecedor, então provavelmente só volta na parte da tarde. Até mais meu bem – ele se despediu e me beijou na bochecha, tenho certeza que fiquei vermelho, um calor subiu pelo meu rosto e se espalhou pelo meu corpo.

Enquanto ele ia se afastando eu olhava sua bunda na calça jeans que marcava muito bem, um rabo não muito grande, mas, o suficiente pra enfiar a cara ali no meio e chegar até no paraíso. Instintivamente deu uma apalpada no meu pau que já doía de tão duro. Ele saiu então fiz meus afazeres domésticos básicos como passar o aspirador no piso de cima, tirar o lixos dos banheiros, lavar a louça, varrer a cozinha e aspirar a sala e catar os cocôs do Bolt, um Husky que ganhei de papai no meu aniversário de 18 anos, logo que mudamos pra essa casa grande e nossa vida melhorou economicamente.

Já era quase 13:30 da tarde, resolvi subir e vasculhar o quarto do meu pai a fim de achar alguma coisa a mais, revirei cama, criado, e ao abrir o guarda roupas encontrei um notebook, peguei e sentei na cama, assim que liguei o mesmo pediu senha. Logo abaixo do da caixa de senha havia um adendo “5 Tentativas restantes antes do bloqueio do aparelho”.

Okay, eu teria 5 chances ou não saberia o que tinha ali, então comecei a tentar, a primeira senha possível foi o nome do nosso cachorro “BOLT”, mas não foi, “Fernando” o meu nome, mas não foi, “Sacola Pesada” nome do seu supermercado, mas foi negado de novo, “Eduardo” seu nome, mas também falhou. Me restava apenas 1 tentativa e aquela pressão de não conseguir ver o que tem ali me corroía por dentro, quando uma última tentativa desesperada tentei colocar o nome da minha falecida mãe “Marcia”... Bem Vindo. Um misto de alegria e tristeza me bateu, a saudade da minha mãe, e o sentimento de tesão e curiosidade lutavam por um espaço na minha cabeça naquela hora, pensei em desistir, mas ao lembrar da cena do meu pai todo gozado na cama fez com que o tesão e a curiosidade vencessem, estava me sentindo culpado, mas decidi prosseguir assim mesmo. “O que não tem remédio, remediado está”.

Fui abrindo os arquivos de seu computador e lá encontrei inúmeros pornôs, heteros, gays, bissexuais, em uma pasta com o nome “FERNANDO” abri e tinha inúmeras fotos minhas pelado, excitado, me masturbando, tomando banho, vários e vários print’s. Não me surpreendi já que já sabia o que meu pai fazia, fechei os documentos e abri uma pagina no Chrome e abri seus históricos e como esperado, vários acessos ao xvideos, tanto nas paginas que eram de pornô gay e de pornô hetero a pesquisa a mesma, “pai e filho gay” ou “papai e filhinha”, “dando por papai” ou os atores eram 1 mais novo e outro mais velho. Meu tesão explodiu em rodinhas molhadas que marcaram minha cueca, meu pau alucinantemente duro então não resisti e inicie uma punheta que durou menos de dois minutos e eu jorrava meu leite e meu rosto e camiseta. Guardei tudo e quando estava saindo pro banho meu pai chegou, voltei e fechei todas as abas abertas e desliguei seu notebook, arrumei tudo como estava antes e corri pro banho.

Pai: Meu bem, tá em casa?

Eu: tô sim, tô no banho!!

Pai: Desce aqui em baixo depois, tenho uns presentes pra você!

Acelerei o banho e desci de encontro ao meu pai, que me espera pero da ilha da cozinha com algumas sacolas.

Eu: Não sei o que é, mas, eu já amei!

Pai: deixa de ser bobo e vem ver. – Ele tinha comprado umas roupas pra mim e novos LEDs para o meu quarto que eu já tinha lhe pedido inúmeras vezes.

Eu: PAI! MUITO OBRIGADO! Nem sei como agradecer.

Pai: Nem precisa, faço de tudo pelo meu menininho.

Eu: pai eu já tenho 20 anos, estou velho já.

Pai: que nada, vai ser sempre meu bebê. – Meu pai tenha lá seus 1,88 fazendo com que eu que tivesse meus 1,75 ficasse quase em seu queixo, então o abracei e propositalmente coloquei minha boca em seu pescoço dando leves beijinhos, meu pai me abraçou mais forte colando ainda mais nossos corpos, entre os beijos em seu pescoço eu escutava ele arfar, suspirar, forte como um macho de voz grossa, naquele ponto tinha certeza que meu pau estava uma pedra e roçava o corpo do meu pai, então comecei a sentir o seu roçando em mim, seu cheiro, seu gosto, seu corpo, aquilo estava tão bom que nem me importei com as amarras de medo, vergonha e insegurança que antes me prendiam, eu fui no embalo da onda. Em um tapa forte e audível que ele me deu na bunda, fazendo com que eu gemesse muito delicadamente, ele me olha e fala:

Pai: Se arruma, vamos jantar fora e ir ao cinema.


Este conto recebeu 45 estrelas.
Incentive nerd_gay a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/06/2020 17:36:51
Pai safadinho kkkkkkk
03/05/2020 08:55:11
50 tons de CARALHO! Que tesão
25/04/2020 02:34:10
Que tesão essa narrativa
24/04/2020 17:09:38
delicia.
24/04/2020 07:23:40
Eita continua
24/04/2020 05:05:08
Esquentando...
24/04/2020 02:23:08
Chama a Ludmila que É HOJEEEEE
23/04/2020 21:27:43
OPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. É HJ.
23/04/2020 15:12:32
Eeitaaaa


xvideoporno mulheres dando cu e grintan muitoCala a boca poies estava com sim quando me falou da lanferirXVídeosgarota lindas de olhos verdesvideo meteu ate otalo no cu e o corno so olhando ela debrucotransei com meu tiofamilia favela pinto de borrachatravicante levo novinha no casaeu quero ver o vídeo do ML pegando os mortos arretandoxnovinha bonziadaconto erótico com sete anos levei uma gostosa chupa que me arrepie toda e gosei todavarias imagens de bucetas e cu aregaadosvidio de cazal de namorado tranzandovovo costosa ta xipio neto sexoconto erotico minha esposa arrependido sapateira da minha tia conto eroticoRelatos de marido corno manso e otarioviados mansos que gostam de urinacontoseroticosdeu o cu pro vizinho.contos eiroticos leilapornconto erotico gay vagejada capnegava.ao.marido.dava.ao.alazao.no.xnxxpornodoidorasgou a maecoroa lenbi pinto bebi porraconto erotico estuprei minha esposa obriga nossa empregada a fazer sexo comigofilho dopou sua mae e fudeu ela dormindo cantos eroticoconto erotico vovo bucetao traindo vovocontos eroticos madrasta cachorra leva surra de pica dcontos picantes de amor gaysmenino enbebada menina pra come ela no colegio xnxxxessa coroa coloco varias calcinhas p meterxvidio servissocontos eiroticos leilapornvideo porno fundeno cuzinho a fosaconto erotico virei amante do negao por chantagemirmaos doemimdo gay contoswww.contos eróticos.com.br. anal.corno bucetata babentaminha prima contoestupando a finha sem dorxvideos meu tio dei ou manusearxvidei de hmen batendo solacontos eróticos de esposinha putinha fazendo dp com vibrador interracialomi go za senpara namenina porno/dia/2011/8/15/xxvideo irma com irmao tatendo.punhetapai cospe no cuzinho da putinha depois mete o pauzaoporno com mae mae tentando risis tirbadboys roludo comendo mulher a forcacontos oroticos meu sobrinho gosava nas minha caucinhas eu nao suporteicontos eiroticos leilaporneuconfessosogradormindo de bruço acordando pro anal pornoelementarians casa dis contos eroticoscantos com eroticas tio pirocudo com sobrinhas virgempiriquita britadeira evangelicaquero ver só só novinha batendo s******* tristinha XVídeosconto incesto gay pai e filhoporno de mae servindo comida para seu filinhovideo porno eu nao aguetei ver minha irma novinga e gostosa dormindo so di calsinha eu comi o cu virgem dele gozei ladendroCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?conto erotico de incesto com tio velho coroa grisalhoeu einha esposa com dois amigos.no motelcontos eroticos,ensinando a dirigir no colinhomamada babenta8pega baixa vidio pornoxvideos coroas com tesao pedindo alguém pra chupar sua xota gemendo aiiiiiiii vouuuuu gozarrrrrcunhadinha dando de shortinho bem curtinho São Paulo com a cunhada Patrícia de mim gostosinhocontos eiroticos leilaporncontos de cornos revista private 2017massage ando a cunhada contocontos eiroticos leilapornvidio porno piqueno conhadaxvideos comendo a irmã dormindo de fio dentalminúsculoquero zap d travest d itaquecetubaamo ser cornocowboy velho gay contosContei para meu marido que dei para o negaofazendo a filha chorar de dor sexo anal tv insentocontos.eróticos gay vestido de putinha pro negro da rola grossa e cabeçuda me arrombou e virei sua esposa exvidios c cunhada roselenabusetonhas goado x videoxv egua no cio pingando conto erotico esposa chupando moleque pintudocontos namorada novinha provocando no churrascogozando na minha bocacontos eiroticos leilaporncomendo as coroasde shortinhoxvideomenino enbebada menina pra come ela no colegio xnxxxMechi a bunda enquanto meu homem me penetrava contosmasturbados na cambiscateiro/xvideosContos. Desde pequena ja pegava no pau do meu tio..coroas de 50 a 60 anos bem moreninha fazendo sexo anal com dois Marquinhos de fio dentalvizinha lactante contosconto de sexo esposa mulata do amigo de legueconto erotico me vestindo de garotinhaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaadoro foder com meu filho fodeme meu filho nesta cona puta