Se eu sou gay? Sou. XXI

Um conto erótico de de Porto alegre
Categoria: Homossexual
Data: 11/08/2017 01:38:48
Nota 9.80

Capitulo XXI

Cara, voltar a estudar sem ter o Edu por perto tava sendo bem complicado eu sentia muita falta dele, fiquei sentado no banco da cantina na parte de fora, não tava a fim de entrar na sala acho que ia matar os períodos finais até por que já tinha passado em quase tudo, mais duas semanas e tudo ia terminar férias finalmente.

Pelo menos o fofo do Marcelo tava me fazendo companhia.

Alguém ai já teve um boy escândalo como melhor amigo, e ainda por cima com benefícios, cara se tu nunca teve recomendo.

O Cello era o fofo dos fofos e ainda por cima fodia pra cacete, e melhor ainda era lindo.

Podem morrer de inveja.

Agora, a pena é que a gente nunca ia ter nada sério, pelo menos por enquanto, o Edu ainda rondava minha cabeça e o Marcelo tinha o tal de melhor amigo, aliás eu tava louco pra entender essa estória direito, ficamos de almoçar juntos na saída da facul por isso eu ia ficar esperando.

Tava eu ali sentado esperando o tempo passar, quando os guris sentam na mesa, o Paulo, Victor, Rafael e o Moura. Eles mais uns meninos da sala, eu e o Edu éramos o time. Só pra comentar o Rafael e o Moura eram casados e as meninas deles um amor, eram muito parceiras então não fiquem achando que vai ser pegação direto, apesar de que o Rafael, bem esquece, concentra.

- E ai Caco, como estão as coisas? Quarta tem jogo a gente precisava falar contigo – o Paulo como sempre era o porta voz –

- Fala meu povo, diz ai – abri um sorrisão, falso é claro, não tinha cabeça pra jogar –

- Bem..... ta faltando um cara pra jogar e a gente tava pensando em convidar alguém pra ficar no lugar do Edu o que tu acha – o Paulo tava constrangido, mas o que eu ia dizer, que queria parar de jogar, tá certo que eles são muito ruins, mas eu não ia deixar eles na mão. –

- Claro gente, vocês têm alguém na cabeça, só não me venham com mais gente ruim como vocês, de perna de pau nosso time já tá cheio – o Victor começou a rir, e tentar me bater, os guris começaram a atirar papel em mim, finalmente e descontraíram um pouco, o sinal tocou, e o povo foi saindo pra sala de aula, o Paulo ficou pra trás - –

- Caco, na real, tá tranquilo pra ti?

- De boa Paulo a vida segue – fui andando abraçado com o Paulo e vi que o Victor tava nos esperando -

Quando chegamos perto o Paulo baixou a cabeça e saiu na frente,

- Caco posso falar contigo depois – Eu sempre falo pra vocês que o Victor é bonito, tá isso é o obvio, mas ele também é um cara muito legal depois que se conhece, eu sempre digo, antes de falar que o cara é um mala fode com ele, tá ai um exemplo, nos demos mal de cara, agora ele era um doce, tá certo que tá perdido, mas ainda assim é um doce.

Eu ia ajudar ele a se encontrar, eu sou caridoso, afinal eu era esse tipo de gente que sempre quer ajudar os outros, ainda mais quando esses outros eram o Victor, puta gostoso.

- Claro cara, o que tá pegando??

- Passo lá na tua casa depois, pode ser?

- Até parece que precisa desse drama todo, te espero a noite então – ele ficou me olhando tava preocupado -

Quando fui em direção a sala de aula vi que o Paulo tava me olhando, estranho que será que tá acontecendo?

Durante a aula vi que o Paulo ficava olhando pro Victor e logo baixava a cabeça.

Humm meu radar começou a dar sinal, ai tem coisa, mas sei lá acho que com a estória do Edu meu radar tá meio danificado, o Paulo pegava geral, nunca pensei nele de modo diferente, ele era o maior camarada, tava sempre de boa com todo mundo, depois que a gente brigou, ele mudou muito, nunca mais ficou tirando sarro das bichinhas do colégio e olha que tinha muitas.

Gente vamos fofocar, vai dizer bi, a concorrência tá grande viu, faculdade tem muita bicha por metro quadrado, tava difícil de arranjar um bofe interessante, e os bofes que tinham as amigas já caiam em cima.

Bem eu tinha mais coisa pra pensar, quando deu o sinal sai em direção ao estacionamento fiquei de encontrar o Marcelo, a gente ia dar uma volta, de repente eu ia agarrar ele um pouco, sei lá, algumas ideias estavam vindo pra minha cabeça, ainda tinha o assunto do Victor, eu tava precisando mesmo preencher meu tempo,

Tá queria preencher outras coisas também. Será que é só as bichas que ficam pensando em sexo toda hora?

(Vocês podiam me responder nos comentários depois)

Quando estava chegando no estacionamento o Marcelo e o Vinicius estavam na maior discussão, achei melhor chegar perto pra ver se o Cello tava precisando de alguma coisa, o Vinicius também era grande mas tava meio fora de controle.

Cheguei a tempo de ouvir.

- Tá e agora tu vive correndo atrás dele, não tem mais tempo nem pra falar comigo. – o cara tava bem exaltado –

Será que ele tava falando de mim?

- Não é isso, tu tava sempre ocupado, na semana tentei te ligar e tu não atendeu. – o Marcelo ficava tentando se justificar, eu já tinha partido pra ignorância, me encostei num carro e fiquei ouvindo, aquilo era discussão de namorados, mas não eram só amigos?

Claro que não né gente, tem caroço naquele angu.

- Tu já não é mais o mesmo, agora só vive.... – o Vinicius olhou pro lado e me viu –

- Viu o que eu disse, era claro que tava esperando ele – o cara olhou pra mim eu achei que ele ia me bater, claro tentar né derrubava ele facinho, tá bom sou metido, vocês já falaram –

- Faz bom proveito – passou por mim e nem me olhou na cara, eu claro fiquei suuupppeeerrr chateado. –

Com certeza ele tava falando de mim.

Cheguei perto do Marcelo que estava encostado na caminhonete dele, com a cabeça nas mãos, abracei ele.

- Cara tô ficando louco, por que ele faz isso comigo, sempre que eu tô conseguindo sair de perto dele, pensar em me divertir, conhecer gente nova, ele fica assim, de marcação serrada, eu sei que ele quer que eu fique só na volta dele, mas eu não mereço ter outra vida Caco? Que merda por que tem que ser assim. – Por mim eu pegava o Vinicius e dava uma surra nele, mas acho que o Cello não ia gostar da ideia. –

- Cello entra ai vamos lá pra casa quero saber tudo, tu vai me contar toda essa estória – Entramos no carro dele e fomos pra minha casa –

Quando entrei em casa deixei ele no sofá da sala e fui pra cozinha fazer um café, ia ser um longo papo, bom, o sexo da tarde se foi, mas era pra isso que serviam os amigos, ainda bem que tinha o Victor na noite pelo menos.

Quando voltei pra sala o Celo tava encostado no sofá com o braço cobrindo o rosto, caralho que homem era aquele, a camiseta tava apertada no braço dele, eu achava a tatoo dele incrível, a calça justa, como o Vinicius podia ter a possibilidade de ficar com um cara daqueles e mesmo assim fica fazendo o guri sofrer eu não tava entendendo.

Sentei do lado, e segurei na coxa dele.

- Toma Cello, relaxa um pouco. – alcancei o café pra ele -

Obrigado Caco – o cara tava com o olho vermelho, que merda esse Vinicius tava fazendo com ele?

Ficamos ali tomando café e o Marcelo de cabeça baixa.

- Tá agora encosta ai, levanta essa cabeça e me conta tudo.

Ele encostou no sofá eu deitei com a cabeça no colo dele.

- Bem o caso não é diferente de tantos que acontecem por ai, nos conhecemos no último ano do colegial, éramos melhores amigos e as coisas foram ficando mais complicadas acabamos bebendo e transando numa noite.

- Ele nunca aceitou isso, nunca aceitou ser gay, eu resolvei desencanar, mas não deu, no final acabamos ficando juntos durante o período do vestibular, depois na faculdade, sempre escondidos é claro, a família dele não podia saber e tal, a minha não tava nem ai pra mim se to vivo ou morto, desde que eu não incomodasse ninguém.

- Eu tava cansado daquilo queria alguém pra mim, ai numa festa ele ficou com uma garota, e eu acabei desistindo de tudo. Mas ele me procurou, começou a chorar disse que não gostava dela, queria ficar comigo, mas que ele não pudia.

- Mas não queria me perder, e eu acabei aceitando tudo eu amava ele, ou melhor amo não sei mais.

- Sou fraco Caco, quando o Vinicius tá por perto eu perco a razão, e fico nesse estado que tu tá vendo, ele sabe disso, eu sei que ele se aproveita, mas eu não consigo evitar.

- Ele ficou namorando a guria e eu na volta sendo o melhor amigo, a família dele sempre diz que somos unha e carne, todos lá gostam de mim, é claro que não sabem de nada.

Ai um dia ele me contou que a guria tava grávida, mas que ele não ia ficar com ela que gostava de mim e eu acreditei, ele disse que ia criar o filho mas que ia ficar comigo, eu acreditei.

Esse foi o meu pior erro acreditar nele, eles casaram o menino nasceu, e nisso se passaram quase cinco anos, cinco anos que eu to enrolado nesse relacionamento, cinco anos que eu perdi de encontrar alguém legal.

Agora sei, que não vai passar disso, ele nunca vai ter coragem de largar ela e ficar comigo, nunca vai enfrentar a família dele. Mas eu não tenho coragem de mandar ele embora Caco, só de pensar em não ver mais ele, eu fico sem conseguir pensar direito.

O Marcelo tava chorando que nem criança. Ouvindo a estória dele fiquei pensando que eu poderia estar passando pela mesma coisa. Mas agora não era o momento pra pensar em mim.

- Cello, olha pra mim – ele me olhou, preciso fazer algo pelo Cello tirar ele daqui de perto do Vinicius –

Pensa bicha, lembra: bicha birra nasce homem.

- Nós vamos fazer o seguinte, assim que terminar essa merda de semestre vamos viajar o que tu acha? Vamos passar um mês na praia, ou melhor vamos pra Santa Catarina, praia, mar, homens lindos, vamos aproveitar e não pensar em nada.

- Tu vai aceitar um mala que nem eu pra tua companhia?

- Com uma condição? Ele ficou me olhando -

- Diz – Por que senhor o homem tem que ser tao gostoso -

- Nada de ex, nada de pensar em sofrer, seremos dois homens lindos, de férias e prontos pra aproveitar muito

- Tá bom Caco, nós vamos – ele abriu aquele lindo sorriso pra mim -

- E se o Vinicius reclamar, manda falar comigo.

- Que tu vai fazer?

- Nada demais só dizer que eu e meu namorado vamos aproveitar o descanso.

- Mas ele, vai – ele ficou me olhando -

- Não vai nada, ele tem mulher e filho então que fique com eles, e nós, bem vamos pegar geral. – tava na hora do seu Vinicius entender que a vida era mais complicada, tinha outro na jogada, agora ou ele desistia ou assumia o Marcelo de vez. -

Ficamos ali planejando nossas férias, lugares lindos pra ir, íamos alugar uma casa na ilha da magia na Lagoa da Conceição.

Quando o Marcelo saiu ele tava bem mais feliz, dei um beijo nele e fui dormir um pouco precisava estar bem pra noite.

Acordei com meu celular tocando

- Humm oi !!!

- Oi Caco tá em casa posso subir?

- Claro tava te esperando. – Meu pau ficou duro na hora -

Era o lindo subindo preciso colocar um roupa ou melhor....

Quando a campainha tocou eu abri.

A cara de susto do Victor era o que faltava pro meu dia ficar melhor.

- Entra cara, senta ai quer beber algo.

- Eu acho melhor...não sei – cara de bobo que ele tava, bobo mas lindo –

- Senta ai, vou abrir um espumante pra nos.

- Caco tu tava no banho??

- Não – Abri a espumante, servi pra nós e fiquei desfilando pelado na frente dele.

- Tu não vai?

- O que? Fiquei rindo da cara dele -

- Bem colocara roupa claro que não, daqui a pouco vou tirar. – Segurei a taca dele coloquei na mesa de centro. -

Sentei no colo dele, e mordi a ponta da orelha, ele se arrepiou todo.

- Tu não falou que a próxima vez que fossemos transar tu iria querer me comer, bem esse é o nosso segundo encontro.

- Nós vamos? – carinha fofa dele -

- Bem se tu não quer – levantei do colo dele, ele me puxou de novo e me beijou -

- Quero sim, só achei que tu não ia querer depois de... – segurei o queixo dele -

- Não fala nada, só me fode – eu sabia que ele tava falando no Edu -

Ele começou a chupar meu peito, coloquei a mão no pau dele, acho que tava na hora de mais alguém ficar pelado, puxei a camiseta dele pela cabeça.

Comecei a beijar o pescoço dele, ele gemia, bem eu ia deixar umas marcas pra namorada dele.

Desci do colo dele e abri o fecho, ele ficou me olhando, mordendo o lábio, caralho que rosto era aquele.

Puxei o pau dele pra fora, era grosso, gostoso, comecei a chupar com força, ele se retorcia no sofá, segurou minha cabeça e começou a fuder minha boca, humm ele tava aprendendo.

Chupei as bolas dele, ele era todo lisinho, coloquei uma na boca, ele me puxou pra cima.

- Cara preciso te fuder, quero aprender contigo.

Achei estranha frase, precisa aprender.

Levantei e peguei o lubrificante e camisinha, sentei na frente dele

- Bate pra eu ver |Victor, - coloquei lubrificante no pau dele –

Ele começou meio envergonhado, mas pegou o jeito, cara que guri lindo, barriga trincada, coxas grossas, pau grande, ele ficou me olhando, e levantei e cheguei perto, fique de joelho em cima dele coloquei meu pau na boca dele, ele ficou me olhando e abriu a boca, fiquei brincando, entrando e saindo, não entrei fundo ele não tinha muita pratica.

Bati com meu pau na cara dele, vi que ele não ia aguentar muito, sentei no colo dele e coloquei lubrificante na mão dele,

- Me abre pra ti Vic – ele tava suando -

Ele encheu meu rabo de lubrificante e enfiou um dedo, meu cuzinho se contraiu, eu beijei a boca dele, ele ficou entrando e saindo do meu rabo

- Coloca dois Vic -

Ele colocou mais um enfiou forte, lá dentro, ele com certeza tava pegando o jeito, segurei a as mãos dele abertas no encosto do sofá, beijei ele e fui sentando no caralho dele, ele trancou a respiração, e ficou me olhando.

Comecei a subir e descer, devagar no início o Vic só gemia e mordia minha boca.

Acelerei a metida, sentava com tudo e saia.

Ele me segurou pela cintura e começou a meter no meu rabo.

Levantei e deitei no sofá, abri as pernas

- Vem Vic.

- Ele subiu em cima de mim, abriu minhas pernas. E colocou tudo dentro, senti o pau dele inteiro, grande, grosso, tava quente.

- Vem Vic, com força, mete – minha cabeça tava girando que pau gostoso aquele cara tinha -

Ele começou a socar no meu rabo, sentia meu rabo abrindo pra ele, ouvia o som do corpo dele de encontro ao meu, ele acelerava a metida, comecei a me masturbar enquanto ele socava,

- Deixa pra mim caco - ele deitou em cima de mim e me beijou, quando ele levantou segurou meu cacete e começou a me masturbar enquanto media cada vez mais rápido. =

Eu não ia aguentar muito tempo, ele batia cada vez mais rápido eu tava sentindo meu pau engrossar, e a porra começar a sair, senti saltar no meu peito, fiquei mole, perdi a noção de tempo, o Vic não parou de socar um minuto, relaxei quando abri os olhos ele tava me cuidando, suando, segurei a mão dele que tava cheia da minha porra e passei no meu peito, puxei ele pra mim. Beijei ele.

- Vem Vic, pra mim. - ele ficou grudado em mim meu rabo tava quente, ele começou a socar com força e começou a gozar, gemer no meu ouvido, segurei ele pela bunda e puxei mais pra dentro de mim ainda. -

O Corpo dele ainda tava tendo espasmos e ele caiu em cima de mim, ficamos ali abraçados, fiquei segurando ele, passava as mãos no rosto dele. Quando ele saiu de dentro de mim, virei de lado e ele ficou atrás de mim e me abraçou.

- Caco foi incrível eu nunca tinha comido um cara, é muito gostoso cara. – ele era engraçado, era muito sincero -

- E tu tá treinando por que?

Ele se assustou senti que ele ficou tenso.

- Calma Vic. - virei de frente pra ele, beijei e segurei o rosto dele pra mim -

- Que tá acontecendo Victor, confia em mim.

- Caco nem sei por onde começar, eu tô tão perdido, conheci um cara e ele é muito legal, mas acho que ele não curte outros caras, mas eu sinto que ele fica me cuidando, fico perdido, não tenho experiência com caras, acho que ele nem me quer desse jeito, mas eu não quero ficar enganando as gurias mais, ficar tentando ser o que eu não sou, ai te conheci e vi que a gente pode ser o que quiser que ninguém tem nada a ver com a vida da gente.

- Ta mas tu já falou pra esse cara?

- Não dá, ele tá sempre com uma guria a tiracolo, e eu tenho namorada, minha vida tá uma bagunça.

- Calma vou te ajudar e se esse cara não te merecer, vai ter outros tu é muito especial, confia em mim.

Abracei ele e acabamos dormindo ali mesmo.

Acordei com o som do celular, já era tarde, não tava conhecendo o numero

- Oi

- Oi Caco queria falar contigo.

Fiquei surpreso não achei que ele fosse me ligar,

- Caco vou levantar, preciso tomar agua. – o Victor era lindo mesmo acordando, vida injusta -

- Tá querido, vai lá.

– Caco pode falar, tem alguém ai contigo?

______________________________________________

Kevina - ta gostando queri?

Darla - e um mais gostoso que o outro menina

Geomateus - sim e mais confusao pro meu lado,,,,,rsrsrsr

Arrow - bem que podia né....abcs

Atheno - humm pai de familia nunca tentei,....rsrsrsr abcs

Rodrigo T - Brigadduuuuu...bjks

MIca - Muita agua vai rolar ainda, quem sabe aparece outro na pista....bjls

Valtersó - querido cada um sofre como quer, não sou de ficar chorando em casa, ...quanto ao Marcello, eu bem que merecia ele na minha vida....abcs

Chria - Sofremos do nosso jeito;rsrsrsrs

Suara - Brigaddduuuuu guria, momento complicado ....abcs

Hort - que amor, quem sabe as coisas mudam...bjssss ate

Luuuh - que bom que resolveu falar, agora acho que vai mais rapido miga.....bjjsss

Greader - agora falou tudo ,,,,,nao sou obrigado a nada mesmo...bjs no coracao

SweetLuck - Menino calma ...vao se ver sim....mas......menos drama, ja viu quanto homem bom na volta....abcs

Andy - só de pensar em meter fico com alergia, rsrsrsrs - ficaram muito tempo juntos???

Mattiazzo - Amor, nap acha que se ele realmente me amasse, cuidaria do filho e ficaria comigo, nao acha que eu mereço um cara que faça tudo por mim?? pensa nisso

Bernardo - oi querido que legal ter entrado aqui, agradeco o elogio, agora terminei o do Monte e o Bear, agora vai mais rapido.

Richy - ta arrazou comigo e eu achei que era barraqueiro, tirei o chapeu pra ti guri, rsrsrsrsr.... nao deixa pisarem em ti mesmo, mas cuida essa coisa de arma, o final viu do que tu te livrou, que maravilha, e acho mesmo que se a gente nao se valorizar ninguem vai.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive de porto alegre a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/09/2017 15:38:41
DE FATO, ALGUÉM LÁ EM CIMA SORRI PARA TI
12/08/2017 01:06:57
Aposto que é o Edu.
12/08/2017 00:27:47
Ah e respondendo à sua resposta....vc merece sim, alguém que faça tudo por vc...😇
11/08/2017 20:45:48
Olá...ainda bato na mesma tecla...sei que muita água vai passar...ainda bem que tenho esses contos para distrair a cabeça..acabei de terminar um relacionamento de 16 anos hj, (tinha que desabafar ), o pior é ter que começar tudo de novo, paquera etc nem sei como fazer isso mais kkkk ....e estou começando a entender o seu lado, vejo que muito coisa tem sentido...é respondendo sua pergunta lá encima, não penso em em sexo toda hora, sexo é bom mais o pacote que vem junto é melhor ainda...obrigado
11/08/2017 18:33:54
Liberdade. Inveja.
11/08/2017 16:06:26
Cara que dom tu tens pra caras enrustido Edu, Vitor, Marcelo Nenhum dos três sabe o que quer e vc cada dia mais se afundando deixe que cada um resolva seus próprios problemas e suas vidas e tu vai atrás de alguém livre desimpedido que te assuma e te ajuda a ser feliz
11/08/2017 14:59:24
E aí cara, que bom que voltou, some mais não, posta mais um capítulo hoje, sou fã do Caco e do Edu, adoro esse conto como adorei os outros. Desencontros foi f...., poderia ter continuação. Me diz uma coisa, O Toro, Leo, Monte, Bear conhecem o Caco e Edu, tem alguma ligação, ou são contos distintos? abração cara, fique na paz.
11/08/2017 14:21:00
Junta o Marcelo é o Carlos, e pronto.
11/08/2017 14:10:28
Caco tá deixando as preocupações de lado, tá ajudando as manas, ótima maneira de se distrair. Mas o Edu n facilita. Eu AMO esse casal, mas se for pra ser que nem a história do Marcelo e do Vinicius, prefiro q não aconteça mais nada entre eles. Sou dramático assim msm, kkkk. Bjão
11/08/2017 10:41:27
Essa é minha história preferida por aqui! E tudo isso porque acho o protagonista muito divertido, muito desencanado!
11/08/2017 08:39:37
Ba o Edu ligando será??? Paulo e Victor acho que vai rolar alguma coisa entre eles. E o Marcelo tadinho todo esse tempo atrás desse Vinícius, complicado o negócio em. A eu já tive um amigo assim(tipo o Marcelo) rsrs, mas hoje somos somos só grandes amigos!!!
11/08/2017 06:25:04
Xiiiiiiiiiii. Tenho que concordar com o Ricky. Apoiado. rsrs
11/08/2017 05:22:32
eita.
11/08/2017 03:28:45
LAMENTÁVEL TUDO. VC SIM SEMPRE DISPOSTO A AJUDAR OS OUTROS E SUA VIDA AFUNDANDO CACO. RSSSSSSSSSSSSSSSSS POR MAIS QUE TREPE COM O MUNDO INTEIRO NÃO DÁ. QUE GRANDE IDIOTA O MARCELLO, RECLAMA QUE VINÍCIUS TEM MULHER E O TRAI COM O CACO. SE IGUALAM NÃO TEM DIREITO DE COBRAR NADA DO VINÍCIUS. MUITOS BABACAS PRO MEU GOSTO. VICTOR OUTRA BABACA QUE SE DESCOBRIU E AINDA COM UMA NAMORADA E CRISE DE CONSCIÊNCIA. AI MEU DEUS. APOSTO QUE É O PAULO, OUTRO BABACA QUE TEM NAMORADA MAS VIVE CERCANDO O VICTOR. MINHA GENTE MUITA CONFUSÃO. VEJA SENHOR AUTOR EM MOMENTO ALGUM MINHA CRÍTICA LHE É DESTINADA. AS CRÍTICAS VÃO AOS PERSONAGENS. MAS ME PARECE QUE VC SE CONSTRANGE AINDA. LI DIVERSOS CONTOS SEUS E NUNCA POUPEI CRÍTICAS OU ELOGIOS QUANDO FORAM MERECIDOS. LI SOBRE LEO, TORO, MONTE, BEAR. E FORAM CONTOS BELÍSSIMOS. MAS MESMO ASSIM O QUE PUDE CRITICAR NAS ATITUDES DELES EU CRITIQUEI. O QUE PUDE ELOGIAR EU ELOGIEI. NESSE CONTO AQUI EU NÃO AGIRIA E NEM VOU AGIR DIFERENTE. CONTINUE, PRECISAMOS DE MAIS BONS CONTOS COMO ESSE.
11/08/2017 03:14:44
Viadoooo.... Na melhor parte você para de posta. .. Cara tu Não tem noção de como que eu tô doido pra socar sua cara por não postando com frequência... Tá acontecendo alguma coisa ... Você some por dias e quando aparece posta uma coisinha e depois some denovo ... Poxa posta mas ai
11/08/2017 03:05:51
é o Edu? querendo o que?. Fiquei confuso será que o cara que o Victor tá falando é o Paulo? Aquela olhada sei não hein. Agora que você acabou o outro conto, vai ter esse todo dia? DIZ QUE SIM!


boa foda mastubando com coisasdiferentexnxc.akeitecontos gay de escravos e o filho do patrãovi a namorada do meu amigo pelada contosvidio pono com meninas pede u cabasu emganadavide de maisa perdendo avigidadicontos de sexo depilando a sograx vidios comedo a ludinha ate gozar na cara delawww.casadoscontos-O doce nas suas veias (Capitulo 02)/texto/201806446conto sexo corno pinto grande grosso na mulhercasa dos contos eroticos o padrasto so quis as pregasporno de lingua dençendo a guelavideo porno mae ve filho pelado e toma susto com tamanho do pauXVídeo pornô irmão não dispensa a b******** da irmãnovinha so de minicasiacontos menina chuponapprno padrasto saradao escuta entiada gemendodoce nanda parte cinco contos eroticoscontos eroticos aluguelcontos eróticos menina de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosbusetonhas goado x videoContos eu e minha comadre desfilando de calcinha para nossos maridosordenhando o amante piricudocontos porno scat lesbicosogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoxoxotinhas amasiadas na picaamor eu nunca chupei um pau isso e sujo e nogentoconto erotico me vestindo de garotinhaexperimentei rola grossa e viciei..nem me preocupa mais ser chifrudo contosex cunhado cacetudoEsposa e corno conheceu macho na choperia xvideocontos eroticos madame bunduda submissa completaxvidio atolo a sobrinhapatricinha comida pelos negoesrelatos eroticos hoje vou ser a putinha do meu garotão  na minha cama com o corno sentado assistindo bem mansinho, viu corno”.porno mimnha filha e tao novimnha que nem petelho naceu aimdabaixar xvideo minha mae me pegou na punhenta e me deubaiana lavano a bucetonaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos erotico eu moleque vi minha tia amamentando seu bebevideo porno vovô descobre que a netinha tem o clitoris grandeconto namorada putaos vídeos de pornô incomodei canivete favor vídeo pornôvodioporno de meninas que nao guento pau no cu.e berovirei uma bela travesti contos eróticos de feminização forçadaXxvideo so a cabeci.ha nela dormindovou gozaaaaaarrrcasadas depravadasnovinha parece um anjodando o cu fotosos melhores vídeos de sexo de cachadaçomulher enraba seu marido bi com dildo ggnovia mastubano com o pigelo de fora e gritano de tezaoconto porno queimando a roscapau groso egosano ebonitoxvideos estrupo a adigogada em2 marmangosconto erótico os pedreiros da obra me estouraram bem novinhaadolecente loira abrinda xota gosada muitocontos eiroticos leilapornfilme de sexo amador na Claudinha dei o c* virgem e gritou de dorconto erotico tia bucetuda e sobrinho pausudo de sungaconto gay cacetao tiocontos eroticos dormindo bebadconto erotico gay narrado yootubeXxvideo so a cabeci.ha nela dormindogostosasyoutubexvideosContos eroticos com fotos de podolatria chupando pes da prima dormindosmulheres sipr dotada xvideomulhepega outrana ponbaconto gay o meu sonho de consumofui foder com o cara do pau enormi e min lasqei xvideos xxxxrelato iludida vibrador gozeifilho sentando bambu pornoxvideos entertida no computadorcasa dos contos eroticos evangelica casada programacontos eroticos festacontos gay primeira vezO doce nas suas veias (Capitulo 4)-CASA DOS CONTOS EROTICOS-XXX.comcunhadinha bem linda e muito gostosa coxas grocas e bumbum saliente contos eroticosO doce nas suas veias - (Capitulo 13)-zdorovsreda.ruvídeo pornô da negra olho torto sentando na pica e virando os olhos com tesãoSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos eroticos traiçao na greve