Papai me flagrou tocando uma siririca...imagina o que ele fez?????

Um conto erótico de Sergay24
Categoria: Heterossexual
Data: 16/12/2016 01:08:14
Nota 10.00

Estava em meu quarto, acariciando minha vulva úmida, acariciando meu grelhinho.

Me masturbava com urgência e algum gemido ocasional se desata de minha garganta, de prazer que luto por ocultar, pois apenas uma parede me separa do quarto de meus pais.

A luz do corredor se acende, percebi pela claridade que se filtra na porta de meu quarto, ouço passos e sei que é meu pai, tem um caminhar lento, é possivel que se dirija até o banheiro, interrompo o que com tanta ânsia desenvolvia, porém não retiro os dedos da umidade de minha buceta.

Espero que ele retorne, uns escassos segundos rompem o tempo e a maçaneta se move, vejo meu pai entrando em meu quarto fechando a porta, me apresso em fingir que dormia, ele chega até a cabeceira da cama, aproxima-se de meu rosto e sussura em meu ouvido.....

_Pare de fingir...eu ouvi tudo!!!

_Sorte que sua mãe tem um sono profundo!!!

Abro os olhos, não sei que o que fazer ou dizer, porém ele prontamente resolve o problema, retira o lençol que me cobre e contempla meu corpo nú e minha buceta úmida palpitando pela masturbação interrompida.

Sinto seu dedo grosso tocar nela, um calafrio percorre meu corpo, olhando fixamente para meus olhos começa a me acariciar, para cima e para baixo, percorrendo toda sua extensão com indiscritivel habilidade...para cima e para baixo...e novamente...

Começo a suspirar levemente, ele nem por um instante deixa de observar minhas reações e movimentos.

Com a outra mão separa minhas coxas que instintivamente abro quase que totalmente, aproxima sua boca a minha, nos beijamos com ternura, seu dedo adquiri velocidade e força, começo a mover minha púbis desesperadamente, um pequeno grito indica que estou próxima de gozar, meu pai deixa de me masturbar, se situa de forma que minha buceta fica a alguns milimetros de sua boca, expõe sua lingua e passa pelos lábios ardentes e úmidos, volto a gemer, agora com desfaçatez e atrevimento, chupa forte minha buceta com seus lábios forçando sua lingua até meu himen, me contorço de forma convulsiva, louca de prazer, choramingo e grito para que não pare, que me faça gozar como faz a mamãe....segurando forte sua cabeça com as mãos apertando contra minha raxa, agora molhada como nunca.

Meu pai movimenta a lingua com força massageando meu grelhinho até sentir meu corpo amolecer e nesse momento que iria chegar ao maior orgasmo que já tive, sem explicação me deixa ali estirada nua sobre a cama e sai , quase grito para que ele retorne e termine o trabalho, porém antes de fechar a porta sussurrando disse que esperasse.

Não chegou a passar nem um minuto ele retorna, desta vez está nú, seu pau estava duro como rocha, enorme, imponente, grosso.

Abro as pernas e com as mãos a sustento assim, exibindo minha buceta para meu pai, acreditava que iria me foder, porém não...volta a acariciar meus lábios molhados com seu dedo e aproxima seu enorme pau até minha boca, mesmo tudo aquilo sendo novo e único para mim não foi necessário dizer nada, totalmente inexperiente beijei a enorme cabeça...insegura, logo vou metendo na boca, lentamente, enquanto um gemido lento e profundo escapa de sua boca a medida em que absorvo aquela enorme peça de carne e nervos palpitantes que insiste em ficar cada vez mais duro.

Tento o impossivel, engolir tudo, mas chego apenas até a metade...

_Minha filha linda...assim mesmo meu amor...assimmmm...ahhhhhhh....shhhhh...agora lambe a cabeça com a lingua...ahhhhhhhhh...chupa com força...que boca quentinha você tem!!!

Seu dedo volta a trabalhar causando um efeito mágico em mim, fazendo minha vulva expelir uma enchente de gotas espessas, fluido vaginal que impregnava seu dedo, este, cada vez mais atrevido começando a insinuar uma possivel entrada, com o menor de todos, o mindinho, me fazendo gemer com seu pau atolado na boca, observo como ele me deseja, como me acaricia com delicadeza, explodindo de tanto tesão, não suportei mais....e sussurrando entre gemidos...

Papai...por favor!!!

Ele não me deixou terminar, colocou a mão suavemente em minha boca em sinal que não dissesse mais nada...e não me fez esperar.

Veio para cima de mim e me masturbou, agora com seu pau lubrificado com minha saliva, pincelava com força toda extensão de minha buceta até enfim encontrar a portinha de entrada, sua enorme glande se vai introzindo bem devagar que se abre e o aceita com gosto até chegar a meu cabaço, suspiros de prazer inundam o quarto, nos olhamos, nos beijamos, uma dorzinha incômoda me fez gemer um pouco mais forte enquanto aquela coisa enorme deslizava com cuidado até o fundo.

Nossas linguas se enroscavam num baile frenético de sentimento e prazer, enquanto começa a bombar mais forte dentro de mim...

_Aiiiiiiii...papai...como é gostoso!!!

Lhe disse entre gemidos...

_Não para...não para...por DEUS...não aguento mais...me faz mulher...quero gozar...por favor!!!

_Você me deixa louco meu anjo!!!

_Vai...vai...vai...rápido...!!!

_Papai...de verdade...acho que vou gozar!!!

_Ahhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!

Uma coisa forte e acalorada percorria meu corpo, devagar foi chegando até se instalar por completo, nesse instante alcancei um orgasmo...sinto ele mais ofegante e agitado, aumentando as estocadas, duas...três quatro vezes...sai de dentro de mim com extrema rapidez e ejacula espessos jatos de porra sobre meu corpo, minha barriga, seios e um ultimo atingindo meu rosto escorrendo até meus lábios...

Suspiramos, gememos, exaustos, nos abraçamos com força, ele fixa seu olhar em mim e com mimo beija meus lábios, lhe devolvo o beijo, ficamos ali quase que pela noite toda, dormindo abraçados e quando mais um dia começava a amanhecer, nos despedimos com um ultimo beijo voltando a se deitar com mamãe.

A partir daquele dia não precisei mais me masturbar, meu pai passou a se encarregar de acalmar minhas ânsias.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Sergay24 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/12/2016 22:06:51
Amei vivo assim com duas enteadas porem me falta coragem para tirar o cabacinho delas mas esta otimo o jeito que vivemos fazemos anal oral muito lindo
16/12/2016 21:43:29
16/12/2016 21:42:43
gostei
16/12/2016 21:42:14
16/12/2016 11:44:09
Belíssimo conto,aguardo continuação
16/12/2016 09:54:06
O conto é maravilhoso, espero que você continue a nos presentear com seus contos e claro continuando...
16/12/2016 05:24:13
A relação sexual entre parentes de sangue ou afins é mais natural do que se possa parecer, até na biblia existe incesto, mesmo assim, a lei, a moral , a religião e a mente dos hipócritas a condenam e abominam, acreditam ser algo impuro, pecaminoso, mas acho que tudo que é feito com amor e mais do que tudo, respeito, sem agressão, um preocupado em doar mais prazer ao outro, sentindo-se grandioso e ver seu próximo feliz e satisfeito, guerras, genocidios , estupros entre outras coisas, isso sim deve ser abominado. Vejo que aqui na Casa dos contos vem aumentando muito os relatos de incesto, alguns muito fantasiosos enquanto outros próximos da realidade, uma atração entre um pai e uma filha e nesse em questão achei bem interessante, simples e gostoso de ler.
16/12/2016 04:40:31
As mães são mais protetoras, os pais mais possessivos e ciumentos, é normal um pai sentir atração por sua filha e não permitir que nenhum "garanhão" se aproxime, gostei do conto, de como ele a tratou com muito carinho, tendo o cuidado de não magoa-la, mesmo sendo apenas um relato, uma fantasia, creio que você deveria continuar, colocando mais alguns participantes, uma amiga do colégio, um tio, uma prima ou seu professor, mas por enquanto está muito bom.
16/12/2016 02:35:10
gostei bem interessante fiquei bem excitado com isso


bundinhameteeu com 19 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu eu moro sozinha com meu pai viuvo meu pai ele achava que eu não era mais virgem da minha buceta a noite eu tava no sofa com meu pai ele conversando comigo ele disse pra mim filha você tomar anticopcional pra você não engravidar eu disse pra ele pai eu sou virgem da minha buceta meu pai disse pra mim filha você com 19 anos de idade você e virgem da sua buceta eu disse pra ele eu sou virgem da minha buceta pai ele disse pra mim filha eu tou feliz com você porque você é virgem da sua buceta ainda eu disse pra ele pai eu quero perder minha virgindade da minha buceta com você meu pai ele me deu um beijo na minha boca ele me levou pro seu quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na sua cama ele chupou meu peito ele disse pra mim filha sua buceta virgem raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta virgem eu gozei na boca dele eu chupei seu pau ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gozei conto eróticocontos eroticos filiarmadastra linda gotosa eu meu pai trocamos as mulheresensopando o cuzinho com gelcontos eroticos de encoxadaconto erotico mae e filha se pegandoQuando chego na loja meu patrão enfiou o plug no meu cucasetudo rasga buseta da novia aiiiiicorno levou esposa pros caminhoneiros foderem contoContos chupei a buceta da janaradablinabucetudacontos eróticos amigospriquitinhos sentando se peno no pal grandewww.xxvideo garotinha sabe manejarcontos eiroticos leilapornContos reais de sodomiaConto irmao tira cabaço a irma de 13 gostosacomedo o cu viadinno novinh a premeira ves a ter sagracontos eiroticos leilaporncontos de sexo com idosasnovinha fazendo exame toxicológico xvideos.comzoofillapornocaseiromulhepega outrana ponbapapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponumagra dospeitaosQuero da meu cuzinho bem gostoso pra u mn a pica bem cabesudacontos eiroticos leilapornXVídeos 49 melhor para o pau do café crescer no XVídeoscumendo afosa mae direitarúltimos contos eróticos escritos um garoto de menor me chupouPorno albatroz net.filho cumeno a mãecontos erótico menininha dama de honrar contos eu e meu marido fomos no jogo de futebol no onibus dei pro negao eninguem viusogra na cama dormindo com camiseta do superman e genro no sexoxvideos novinha sentando em palzao de 59cmmelhores contos eroticosnovinhavídeosexoscontos gay submissocomtos eroticos ninfeta e o velhocotos eróticos patrao pau de asusta berei chorei griteicontos eroticos me obrigaram a fazer nojerascontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadoxividio pai comendo a filha na mesa com os ospedesimagem de bucetinha vemelhinha saido sangue esposa fica brava amate gosa dentro xvidioProdroto meti pau dura na buceta da entiada dorminoconto eroticosuruba pessadavideo pprno gta ida sr mastutbando com pepinocontos eroticos sobrinhoCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?contos eróticos deiminhabucetapromeu filho menor depois que cheguei daacademiacontos eroticos comi a coroa casada/texto/201209768filha pela primira vez dar meter pau duroconto de genro que seduziu sogra casada e virou amanteprimeira gozada na bocamacho coloca aparelho na xana da safada para enxergar o fundo do buracocomtos eroticos de casal de bh coroa muito gostosa c corno no bailher de carnaval ano 2018 c negaocontos eroticos malv comendo as interesseiracontos eroticos meu ai negaocontos eiroticos leilapornnossa essa novinha marcando ojens cim um bucetaoConto erotico cachorro lamber carcinha cima bucetinha melada contos incesto mae gtspraia de nudismo contoscontos gay baby doll rosacontos eroticos gay SEQUESTRO pegando a baixinhashaGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosadominando um casalcontoerotico eu namorada mae e tiocontos eróticos evangelica peituda de vestido levecontos eroticos casal e amigacastiel de supernatural fazendo sexo porno doidochupando a buseta defentecontos eroticos amiga