Sexo bêbada com Amiga(travesti) em Itapema

Um conto erótico de Casada Itapema
Categoria: Heterossexual
Data: 03/11/2015 02:13:33
Nota 10.00

Vim aqui relatar algumas aventuras, sou casada a 15 anos, tenho 38 anos, meu marido 40 anos, temos filhos, moramos em Itapema SC, esta primeira é sem a participação do meu marido, mas as próximas terá a participação...

não vou citar nomes pois não vem ao caso... Eu e meu marido transamos toda semana, ele adora sexo, assim como eu,

sou representante comercial de roupas intimas e tenho loja, ele comerciante, ele adora que eu use roupas ousadas, adora que os outros

olhem para mim, não tenho corpo perfeito devido a idade e filhos mas ainda chamo atenção pela minha bunda e peitos,

algumas vezes já falamos de fazer sexo a 3, ele tinha a fantasia, de me ver com outro homem, tinha, pois uma das aventuras foi esta realização, mas esta é outra aventura,

Mas vamos a esta... Tenho uma amiga de SP, que é representante de algumas marcas que vendo, quem não a conhece pessoalmente acha que ele é ela,

que é mulher, bonita, loira, cabelos longos, peitos enormes, uma bunda de dar inveja, maior que a minha, rsrsrs, 1,72, mas é travesti, enfim faz uns dois anos que ela

vem a Itapema e região fazer entregas, acabamos ficando muito amigas, pois ela fica hospedada em Itapema, damos muita

risadas juntas, ela recebe muitas cantadas de homens na rua, depois de um tempo trabalhando juntas ficamos amigas intimas

e contamos uma para outra certas coisas intimas, saímos juntas para almoçar e jantar, ela frequenta minha casa,

meu marido até certo tempo atrás não sabia que ela é travesti, sempre brincamos de forma sadia, falamos de homens e mulheres, ano passado tudo

começou a mudar entre nós, fomos convidadas para uma festa de amigos, recebi ela no aeroporto, ela queria ir para um hotel

mas convidei para irmos para minha casa, se arrumar lá, pois a festa era na mesma noite, passamos no hotel deixamos as

malas dela e fomos nos arrumar na minha casa, eu chamo ele de ela, pois considero ela mulher, enfim pelo menos considerava

rsrsrs. Fomos para minha casa, ela já conhecia meu marido de outras vindas, então já é da casa, como estávamos meia

atrasadas me arrumei rapidinho, meu esposo se arrumou e ela também, era festa de amigos em uma boate em Balneário,

colocamos roupas do dia a dia, coloquei uma mini saia e uma blusa, minha amiga também, meu marido um social básico,

meu marido adora uma bebida, gente boa pra caramba, antes de sair tomamos umas e outras, já saímos alegres.

Chegamos a festa já estava lotada, bebida correndo solta, acabamos misturando bebidas, coisa que não se faz rsrsrs, não deu muito

tempo já estávamos todos passadinhos, meu marido bebendo todas com amigos, ficou bêbado mas bêbado de um jeito, acabei entrando na onda

da bebedeira, minha amiga não conseguia nem achar o banheiro sozinha, ai começou as besteiras, fui levar ela no banheiro

e descobri como travesti sofre, entrando no banheiro feminino, estava lotado de mulheres, bêbadas mas lotado, começamos a

falar bobagens baixinho, tipo imagina elas te verem sem roupa ia ser uma gritaria só rsrsrs, e dávamos risadas, numa destas

idas ao banheiro um cara nos parou no caminho e perguntou se queríamos companhia, falei que estava com meu marido e minha amiga falou

em bom tom SOU TRAVESTI o cara deu um pulo para trás e falou que estávamos brincando, fez cara que não acreditou muito, demos muita mas muita risada e saímos,

como meu marido estava para lá do normal e conversando com amigos íamos para pista de dança sozinhas, numa destas,

o cara que nos abordou anteriormente apareceu ao nosso lado dançando, puxou conversa, não entendíamos muito devido a música alta e o show de luzes, já estava tudo girando,

mas ele estava meio bêbado também então era só risada, passou alguns minutos eu vi que minha amiga e ele estavam meio íntimos,

mão no ombro, na cintura, um se escorando no outro, depois de um tempo, minha amiga me chamou e falou ele queria sair tomar um ar com ela

me convidou para ir junto, pois estava bêbada, vamos juntas... vai comigo... não vou sozinha, lá fomos nós, saímos para pegar um ar, imagina bêbadas como nunca,

chegamos no estacionamento, já falávamos só besteira, depois de uns minutos, chegou o cara o nome dele lembro até hoje é Márcio,

veio com mais bebidas, na cara dura ele falou vocês estão de brincadeira de uma estar com marido e outra ser homem né? se vocês falarem

que são lesmica concordaria, papo vai papo vem, voltei para dentro para ver meu marido, se estava nos procurando, estava conversando, quando retornei

para fora lá estavam minha amiga e o Márcio se beijando e no maior amasso, maior amasso mesmo a mão boba correndo solta,

não queria atrapalhar, pois estavam no escurinho atrás do carro, fiz um barulhinho para dar a entender que estava chegando, disse para eles seus loucos, se chegar alguém e pega vocês quase sem roupas ai ,

porque fui falar isso, me pediram para ficar ali por perto, cuidando se chegasse alguém, fui do lado contrário de um outro carro, pensei o que

estes malucos vão fazer, e o que eu estou fazendo, voltei a adolescência, que loucura, quando escutei o Márcio falando chupa chupa isso... , pensei minha nossa, estão atracado os dois e eu cuidando

enquanto eles fazendo safadeza, me deu um medo mas ao mesmo temo tesão, adrenalina do momento, a quanto tempo não passava por uma situação similar, dei um passo para o lado e

pude observar minha amiga agachada chupando o cara com vontade, a pica do cara parecia ser enorme, pois mau cabia na boca dela, aquilo

me deixou zonza, me senti diferente, me deu um calor por dentro, queria parar de olhar mas algo me segurava ali com os olhos fixos na cena, passou uns dois minutos e Márcio pegou ela pelos cabelos, mandou levantar, colocou ela de costas contra o carro, pediu para ela erguer a saia

ela prontamente ergueu a saia, se apoio no carro, ele deu um tapa, mas um tapa na bunda dela, tirou a calcinha dela de lado e começou a roçar o pau na bunda dela, de repente escutei um gemido forte ui ui vai devagar por favor, devagar

aquela cena me deixou em extasi, mas sabe como é homem, não se segura, agarrou a cintura dela com força e

forçou com vontade, começou um vai e vem fulminante, mas foi rapidinho em poucos segundos ele gozou, minha amiga ficou estática

acho que com tesão e dor, imagina sexo anal de pé atrás de um carro, imagina um pau daquele tamanho sem camisinha sem lubrificante, começara, a se arrumar, fingi que não vi nada, dei uns passos mais adiante e

me virei de costas, só vi eles vindo se ajeitando, perguntei o que vocês aprontaram ali no escurinho... deram risada e voltamos para dentro da festa,

chegando lá dentro os dois se despediram, trocaram telefones e fomos para perto de onde meu marido estava, já era 4 da manhã, dali 2 horas meu marido tinha que sair para trabalhar, então fomos embora, mas aquela cena

não saia da minha cabeça, viemos dando risada o tempo todo dentro do carro, meu marido não entendia o porque de tanta risada,

combinamos da minha amiga dormir lá em casa, chegamos, meu marido tomou um banho, pois iria direto para o trabalho, enquanto isso fiquei acordada com minha amiga, fomos dar risada na sala e continuamos a beber, ela queria ir para o hotel, mas fiz ela ficar la em casa, estava muito bêbada, não deu 20 minutos e apagamos no sofá, nossa parece que só deu tempo de apagar uns minutos e de repente meu marido me acordou dizendo que estava indo para o trabalho e era para ir para a cama dormir,

acordou minha amiga e disse vão para o quarto dormir, estávamos as duas bêbadas, o efeito parecia estar pior tudo rodando, alevantamos e subimos para o quarto, perguntei se ela queria trocar de roupa

tomar um banho, na hora não estava pensando muito bem, deitei na cama e deixei ela entrar no banho, só vi quando ela me chamou para para alcançar a toalha, quando fui alcançar ela estava totalmente sem roupa

e foi inevitável não olhar para o pau dela, como estávamos bêbadas não demos muita bola, mas já estava com aquele tesão da festa, enquanto ela ficou se secando,

fui para o banho, me escorando nas paredes rsrsr, passei uma agua no corpo, voltei para o cama, quando sai do box ela já estava deitada sem roupa de bruços,

na hora aquilo me deu um baque, pensei comigo não tem nada de mais, vou deitar e dormir, estava totalmente zonza, deitei ao lado e apaguei, passou uns minutos minha amiga me chamou amiga tem coberta, esta frio, disse esta ali no roupeiro,

só vi o vulto alevantando, pegou uma coberta, mas ai de repente, para minha surpresa ao deitar, ela deitou coladinha em mim e nos cobriu, falou no meu ouvido

esta frio vamos nos esquentar aquilo me deu uma mistura de tesão com medo, adrenalina, não sei explicar muito, pois estava bêbada,

mas fiquei ali quieta, sentindo o corpo dela de conchinha no meu e como as duas estávamos nuas não teve jeito senti o pau dela na minha bunda,

fiquei tensa, nervosa, misturada com a bebedeira não sabia o que fazer, de repente aquilo começou a crescer, ficar duro, grande, grosso, estava entre minhas nádegas,

eu nem respirava, de repente ela quebrou o gelo, desceu a mão e colocou na minhas coxas, alisou, depois subiu para os meus seios, pensei o que faço, estava com tesão mas apavorada,

do nada ela falou em meu ouvido, não tenha medo, só deixa acontecer... nossa... deixei acontecer, coloquei a mão para trás e peguei naquele pau, estava duro como uma rocha,

acho que foi a dica final, ela tirou a coberta me virou de costas e começou a beijar minhas costas, foi descendo até chegar na minha bunda, abriu minhas pernas

e começou a me chupar com vontade, estava totalmente rendida, me deixou molhada, gozei em segundos, ela parou de chupar e me virou de frente, abriu minhas pernas e

deitou sobre mim, começou a chupar meus seios e roçar o pau na minha buceta, gozei novamente, não aguentei, pedi para ela me comer, o pau não era grande como do meu marido,

mar era mais grosso a cabeça enorme, senti o pau preenchendo minha xana, que loucura, o que estava fazendo, começamos a nos beijar, um vai e vem frenético,

de repente, ela falou que iria gozar, falei não goza dentro, pois não tomo pílula, ela tirou o pau ficou de pé me colocou sentada e pediu para mim chupar, cai de boca naquele pau

ela fodia minha boca com vontade, até gozar dentro, não gosto muito, mas naquele dia eu desejei que ela gozasse na minha boca, nossa era muita porra, fiquei toda lambuzada, gozei umas 3 vezes...

deitamos na cama ficamos uns minutos sem falar nada, depois começamos a rir, falamos juntas o que foi isso? Falei a ela meu marido não pode imaginar o que aconteceu aqui...

ela virou me beijos e disse ele não vai saber não se preocupe, segredo nosso conversamos umas bobagens e acabamos dormindo...

Umas 10 da manhã acordei ela estava no banho, ai que a ficha caiu, pensei que loucura, só posso estar louca, o que fiz, mas aconteceu, foi bom e é da vida...

ela saiu do banho, deu risada, perguntou se foi bom, conversamos sobre o que aconteceu... como meu marido estava para chegar ela foi para o hotel...

com o passar dos dias contei para meu marido, mas tem mais aventuras por ai, assim que der tempo vou relatar outras aventuras, as próximas com a participação do meu marido,

Se quiserem deixar recados , não prometo que irei responder...


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Casada Itapema a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/11/2015 23:55:03
QUe delícia!
H42
06/11/2015 18:17:37
Maravilhoso e excitante conto! Espero novos relatos.


mulheres luxuriosas, da buceta tesuda, Lesbicas mesmo e lindascontos eiroticos leilapornpornodoido padrasto pensando tórridofime de cavalo mule pornonovınha fudeno a prımeıra vezincedto mae forcando filha a dar o cuzinho pro padrasto arrebentar as preguinhasesposadis pra marido voce deicha outro homen me chupar e comer minha. bocetacontos eroticos alvinho e o padrecoto espoza .com roludoMadrasta maliciosa cornobucetao na boca contocontos eiroticos leilapornconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleraEu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contosConto erotico gay o bom filho a casa torna capitulo 10vidio di coroas buctaoesposa de biquini com amigos contocontos eroticos minha amiga travestris abuso de mim bebadaesesso de leite no cu www.putariabrasileirapatricia vizinha casada safada gemendoCavalo.porra.loira.empinada.comdois garoto brasilero se cumendo gemendo muinto na primera vezloironac xvideoPeito bunda echupa piroca e chupa pererecamoto epinado vogino da viaturaxvideo viuvo rustico punheteirotrai meu marido com o amigo do meu filho porno contocontos encoxando e penetrandocontos eiroticos leilaporncontos a putinha dos pivetescasa dos contos gayConto comi minha irmãfotos de bucetas do faisaogosto de tomar leite de homemMe come,me chupa todinha,me xingaempregadinha sexual submissa emprestada conto eroticover video de porno na facudade gosando forteo negrodotado contos bifrutaporno corno pega esposa dando o cu para outro e faz dpCONTO EROTICO: MINHA TIA TURBINADANando Mota-Casa Dos Contos Eroticos| zdorovsreda.rucontos gay casado curradocavala bundudacasada qui aforao pauzudoSo grafida sendo encochada no trem xvideo comcasada de shortinhocontos eroticos estripesmostrei meu sobrinho contoscontos eróticos avócontos eroticos minha mulher nadando com os/mulekes virgenscacetudomonstroContos eroticos.Sou casada provoquei um velho cacetudoxvideos coroas com tesao pedindo alguém pra chupar sua xota gemendo aiiiiiiii vouuuuu gozarrrrrcontos eroticos geme porranovinha alemã da xana lisina abrindo a portaJá mudaram videos tufos com negoesfrottage contos eroticosconto erotico gay dei sonifero pro meu filhinho e comi elemenina bunduda senta no colo do papai noel para tirar foto e percebe ele com o pau duro na sua bunda xvidioesposa brochei dedos no cu viadinho conto eroticoContos erotico my babyestuprado por travestis contoerotico.comxvideo novinha gravou seu padrasto querendo fudelaconto nossa filho que pauzãocontos eroticos colinhojaponesa gostosa de shortinho damdo xvideoconto porno me separei por causa da traicao da minha esposaquero ver gatinhas novinhas na academia só mostrando e transando bichão p*********porno de coroucom novinhaspai passa mao na buceta video doidocontoprimos boqueteiros. Tomei o leitinho do meu primo gueizinho pornoConto de maes leno asistino conto de incesto + o filhoporn provocadeitacontos eroticos deve velhas sonhado sendo possuidas por negoesesposa do tio de leg contosporno tirano porra jericairmao encontra irma pelada e entera opinto no cuContos eroticos eu e minha amiga viramos putinhas desde pequeninhaTraveti bhpai louco. da chinelada na buceta da filha e abusa dela sexo pornodoidoconto cu colo a onibusvideos pornos mulher que fala brasileiro dando o cú e gritando fode minhas pregas até estorarApostareiaeu minha esposa e meu amigo de adolescencnialer contos erodicos fui abuzada antes da sirugiamulekinhos rola cabecudacasa dos co.tos eroticos de casadas .o cabeleleiroporno magrınha com dotadocontos eróticos​, praia de nudismoleitinho do papai contosirma dormondo com o.pau do irmao na bova pornodoidocontos sexo gay no exercito