Meti no cu da sobrinha curiosa

Um conto erótico de Grosso
Categoria: Heterossexual
Data: 25/07/2013 00:04:29

O que passo á contar aqui é real. Todos me chamam de bombom, porque eu sou uma pessoa boa. Tenho 42 anos, sou bem conservado, gosto muito de sexo . Tenho uma irmã que tem uma filha de 18 aninhos. Um estouro de menina. Morena clara, peitinhos pequenos, parecendo dois tomates, cintura larga e uma bunda super empinada, rosto de criança . Bom, sai de férias do trabalho e fui passar uma semana com minha adorada irmã, que é separada do marido e me pediu para murar o quintal da sua nova casa no subúrbio. Lá chegando acertamos como tudo seria feito e comecei logo no outro dia a trabalhar. Sua filha que estuda pela manhã, s ó chega ao meio dia em casa. É muito apegada a mim e sempre nos divertimos muito com brincadeiras alheias. Minha irmã trabalha o dia todo e nos dá toda confiança. Até mesmo porque não tinha de que desconfiar, já que pra mim se trata de uma criança. Mas a coisa começou a mudar no dia em que cheguei. À noite na hora de dormir, quando ela apareceu saindo do seu quarto só de camisola, sem sutiã e veio me dar um abraço de boa noite colando seu corpo ao meu. Eu estava sem camisa, e minha irmã na cozinha. Quando ela me abraçou eu a segurei e retribui o abraço forte, sentindo seus peitinhos macios roçarem juntos ao meu. A segurei por um instante beijei-a no rosto. Quando a soltei pude ver que os bicos tinham crescido com aquele abraço. Ela vendo que eu estava olhando para eles deu risada e saiu. Aquilo ficou na minha mente até que fui dormir. No outro dia acordei com o relógio despertando, era hora de minha irmã ir trabalhar. Levantou fez sua higiene matinal e me pediu para eu acordar naninha para ir para a escola. Quando deu 07h00min eu fui acordar naninha. Quase tive um colapso ao ver minha sobrinha dormindo sem cobertor, com a camisola na cintura deixando amostra uma bundinha de dar tesão em qualquer velhote. Com uma tanguinha dento do cu dava pra ver o monte por baixo das perna de sua buceta carnuda. Primeiro a cobri, então a chamei. Ela levantou se cuidou e foi pra escola. Fiquei atribulado a manhã toda. Não teve jeito a não ser bater uma bela punheta pensando naquele cuzinho. Quando ela chegou estava na hora do almoço. Pedi a ela que colocasse o meu enquanto iria tomar um banho. Entrei no banheiro e estava lá feliz com tudo isso, quando senti que estava sendo observado por alguém. Só podia ser ela, pois na divisória só tinha uma cortina e deixei a porta aberta por não ter fechadura. Ai comecei a sacanear. Primeiro comecei a bater uma pro meu cacete endurecer e quando estava bem duro lhe preguei uma peça. Do nada abri a cortina e sai nu. Ela fez uma cara de assustada e disse que ia pegar a sua escova de dente, mas não tirava os olhos do meu cacete duro. Aproveitei que não tinha toalha e pedi que pegasse uma pra mim. Entrei novamente pro banho. Quando ela voltou ela mesmo abriu a cortina pra me entregar a toalha. Foi a gota d’água. Eu disse que estava calor e perguntei se ela não queria tomar banho também. No que ela disse que sim. Pedi para ela tirar a roupa. Ela tirou a saia e a blusa ficando só de calcinha e sutiã. Entrou como uma menina inocente que não sabia o risco que estava correndo. Molhou-se toda. Eu nu, ela de calcinha começou a brincar me jogando água. Uma loucura. Em dado momento eu agarrei ela por trás e me encochei em sua bunda. Abracei e segurei em seu peitinho. Ela parou e disse: Tio eu sou virgem. Eu disse pra não se preocupar que o titio sabia como fazer. Virei ela e lhe dei um beijo gostoso na boca. Enfiei a mão por dentro de sua calcinha por trás e apalpei sua bunda. Chamei de encontro a mim e meu cacete se encaixou no meio de suas pernas duro como uma pedra. Abri meus olhos e vi uma prateleira com uns frascos de xampu. Comecei a tirar sua tanguinha, fui descendo e ela ficou nua na minha frente. Abracei-a de novo e agora sentia minha pica na entrada da sua xoxota. Encostei-a na parede e comecei a roçar na sua bucetinha virgem. Ela só fazia gemer: Ai tio, ta gostoso. Assim ta bom. Eu a senti gozar em meu cacete. Ai eu disse pra ela que ia fazer outra coisa boa com ela. Peguei o frasco de xampu, pedi que ela abrisse a mão. Ela abriu, coloquei o xampu na mão dela e pedi que passasse em meu picão. Ela começou a lambuzar minha pica. Tomei da mão dela e pedi a ela que ficasse de quatro segurando no vaso sanitário com as duas mãos e ela fez sem saber o que a esperava. Coloquei xampu em minhas mãos e direcionei na entrada do seu cuzinho. Ela perguntou: Tio o que vai fazer? Eu disse que queria roçar meu cacete na sua bunda e ela deixou, me pedindo pra não machuca-la. Passei bem no seu rabinho, na cabeça do meu cacete e direcionei bem na entradinha. Passei meus baços por baixo dela até seu rosto e me encaixei. Fiquei brincando na entrada do seu cuzinho um bom tempo, até que ela se acostumou e começou a rebolar. Ai foi a minha vez. Dei uma empurrada e a cabeça entrou. Ela berrou: Ai meu cu. Ta ardendo tio. Tira. Eu segurei-a, tapei sua boca e meti a metade. Ela começou a chorar, eu parei e disse: Olha, eu vi você me olhando tomar banho. Fique quieta que a dor vai passar. Ela ficou quietinha de quatro. Eu tirava e enfiava, ela gemia agora sentindo um pouco de prazer. A dor ta passando tio, dizia ela. Vá devagar que eu deixo. Fui devagarinho. Tirando e botando. Quando senti que era hora da segunda etapa, enfiei de vez o resto e segurei-a pela cintura. Ela gritou: Chega, eu não agüento mais. Ta me lascando. Você me lascou. Tira titio, tira. Atochei tudo dentro do seu cu e comecei o vai e vem. Parei e disse a ela quer que acabe logo? Mexa um pouquinho pra acabar. Ela começou a mexer. Foi uma gozada como nunca gozei. Ela tomou banho e foi dormir, sem dar uma palavra.

Meu email para contato

_______________________________________________________________________________________________________

GANHE DINHEIRO EM 20 SEGUNDOS:

/>


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive P.Grosso a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/01/2016 14:12:32
Somos 2 Vida Loka na Cama:05:00 seu conto e otimo gostaria de ver uma foto dela
28/07/2013 21:05:50
28/07/2013 21:05:00
seu conto e otimo gostaria de ver uma foto dela
25/07/2013 15:46:12
Muito bom esse conto.


quero ver sexo com patroa lesbica seduzimdo sua enpregada e fazendo sabao com ela no aeu quartorelatoeroticomorenacontos eiroticos leilaporntrai meu marido com uma garota contossexo ordenha mulher vaca conto eroticobaiano chupando clitori e falando besteirassexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picafaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidotransei com a sobrinha no baile funk contohistória e foto de tia gostosa que gosta de fazer macarrão com sobrinho novinho e g****** na mão delauma mãe vai para o quarto de um filho ainda quando ele ver com p******* abre a sua oxente e chupa o pau dele pornôcastrar o submisso quimicamentexvideo a sogra nem deu confianca pro gerro so pegou no pau dele realcontos eroticos mais lidosver mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirovidio de porno um pai comento a filha pigueranovinhas que não aguentaram a boneca horríveleu sou uma mulher casada meu cunhado roubou minha calcinha pa bater puhetacontos eroticos patrao e a domestica novinhanamorado acavalado da minha prima contomae tia primo sem limites contos eróticoschupando rolaincertohobby tocar punheta saradoPrima bucetuda decolamnovinha deixa pirocudo gozar dentrodabucetasXVídeos novinha chupando rola do padrasto indagavacorno covarde chorãoContos eroticos esposa amamentando e assistindo filme porno com os sobrinhosnegão pegando as baixinhas danadinha e g******contos eiroticos leilapornpriminhos na ferias do colejo fazem muita putariacasada se mostrano em casa pra corno e amigos juntos desfilando de fioHomem moreno claro de pigode coroa pornocontos eroticos menina foi brincar na casa da amiga e pai comeu amquinhanovinha loira nao aguenta no anal e ped pa parraseduzindo meu filho contos eroticosContos eroticos elacareca peladacontos eroticos meninas de oito anos transando com cachorro com calcinha preta de lacinhos rosacontos e encoxada na igrejazofiliacaipiraconto novinha banho amiguinhapassando oleo sabor morango e fazendo boquetividios porno galeginhas vertido molexvideosencostocontos eiroticos leilaporncontos eróticos_-fio dental ai ui oh fode contos eroticos o carroceirocontos eiroticos leilapornxvideo levei meu primo no beco e nós transamosconto porno menor de idade mendigo me comeuvoleiexcitadocrente errabadace1/13 a grande viagemmostrando abuçeta pedindo para alguém comersexo sujo contoContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestocambaxirra vaca brabacontos de esposas com short mostrando a papada da bunda em casaxsvidio meniana e menino de menor traçadonegao fudendo engenheiro na obraver video d travesty cendo enrabada por pica de 30sentimetroscontos eróticos vizinhacanto erotico de encoxada na vampunheta primoscontos eróticos titioxvideos caseiro menininha so de camisola usano salane de comervolupinosa pornocontos eiroticos leilapornmoça bonita lisinha dando em São Paulo sozinha correndo nuContos porno,gostosa transou muito com moto taxiContos eroticos marido de pinto pequeno chama amigo roludo para esposa certinhamadrasta de camisola foi tomar agua de noiteconto gay coroasou quarentona e atraida pelo meu vizinho contos safadosx videos guey primos gostozinhos e safadinhos