Sem CNH, paguei Dp com dois policiais.

Um conto erótico de Camilla
Categoria: Grupal
Data: 01/11/2012 20:53:04
Nota 9.65
Assuntos: Grupal, dp, farda, policiais, de 4

Um dia quente, o sol forte e eu num fogo pra variar. Sentada na sala decidir comprar um sorvete assim me refrescaria. Meu nome é Camilla tenho 35 anos e na época desse fato tinha 31 anos. Sou alta, 177 por 74 kilos. Branquinha, ruiva seios médios e bunda grande. A famosa ‘santa puta’, que muitos admiram, mas que poucos conhecem mesmo a real. Mas separada, me contentava com as aventuras que sempre tive mesmo casada.

Não pensei duas vezes, mesmo vestida por um vestido curto de malha vinho e rasteirinha peguei a chave do carro e a carteira e fui sentido ao mercado que tinha a quatro quarteirões de casa. Entrei, comprei meu sorvete e mais umas besteiras e voltei para o carro. Dirigia normalmente quando uma viatura deu sinal para eu parar. Pensei que coisa, o que será agora!

Parei o carro e aproximou se um policial branco, + ou – minha altura, fortinho, mas não gordo, uns 30 e poucos anos. Expressão seria e voz firme e me pediu os doc do carro e meu, peguei os doc do carro estava ok, mas a CNH não estava na carteira, pensei que na pressa ela poderia ter caído em casa e assim relatei para ele. Fazendo caras e boca ele chamou seu superior um Tenente Coronel e disse: Senhor, o carro esta ok, mas a motorista esta sem CNH, disse que pode estar em casa aqui perto, então o tenente aproximou se e com uma cara de safado percebi ele olhando para meu corpo e minhas pernas... Senti sua tara quando me olhou, então disse saia do carro, por favor. Desci respirando fundo, poxa, tomar multa por distração nunca havia sido multada na vida. Encostei-me ao meu carro e aguarde enquanto o dois conversava entre eles. O tenente era moreno uns 40 anos, 1,85 ou mais, era forte. Cara de safado e com uma leve barba por fazer. Então o tenente se aproximou e disse tem alguém na tua casa pra trazer sua CNH moça? Respondi que não, afinal Lucas, meu filho, estava no interior na casa de meus parentes passeando. O capitão olhava meus seios de tal forma que me senti nua enquanto o tenente olhava em meus olhos. Estou só em casa, respondi já imaginando meu carro guinchado e os pontos na CNH. Então o tenente com sua autoridade me disse: a senhora não pode dirigir sem CNH, nem sempre faço isso, mas a senhora parece uma mulher boa... (eu percebi ele me olhar dos pés a cabeça) vou dirigir seu carro até tua casa e a senhora me apresenta a CNH, e ai esquecemos tudo pode ser?

Sem muitas alternativas, não queria levar multa, concordei. O tenente acenou para o Capitão que nos seguiu na viatura para de lá eles partirem. Mas não foi bem assim. Quando chegamos ao portão de casa, o tenente pediu que eu entrasse e pegasse a CNH, e me acompanhou até o interior de minha sala. Eu estava calada, como vim no carro. O capitão ficou a posto perto da viatura aguardando. Já no interior da sala avistei minha CNH e foi um alivio. O tenente olhou balançando a cabeça e disse aproximando de mim: nossa que bom né, e passou mão em meu rosto olhando meus seios. Então pegou a CNH verificou e disse: esta tudo bem com seu doc, delícia. E segurando minha cabeça por traz do pescoço beijou minha boca e disse segurando fortemente meu corpo contra o seu: você é uma ruiva linda e gostosa. Imediatamente deixei envolver afinal já acordara num fogo imenso onde originou todos os fatos. Então sentindo aquele homem forte fardado me agarrando e me tocando e nem levar multa estava no lucro de 100%. Entreguei-me nas mãos dele. Com beijos molhados e mão safada fomos entrando num clima delicioso. Então o tenente me pegou no colo e levou-me para sala me deitado no sofá, colocou suas mão dentro de meu vestido e tirou minha calcinha, cheirando a e mordendo os lábios me disse: calcinha vermelhinha, amo. Eu ainda de vestido ele abaixou se tirando parte de sua farda abriu minhas pernas e passou a chupar minha bucetinha com vontade. Ele enfiou os dois polegares dentro e abriu bem chupando ao fundo. Eu gemia baixinho, a porta estava só encostada e temia que o capitão ouvisse. Enquanto sugava minha bucetinha raspadinha e enfiava o dedo em mim, ele apertava meus peitos com uma fúria sexual deliciosa. Então eu pedi para ele mamar meus peitinhos porque me excitava muito ai ele respondeu: só se você merecer vem aqui e faz uma gulosinha para mim. Sem pensar muito me coloquei de joelho em sua frente e com uma cara de putinha falei: mas você vai mamar gostoso? Ele respondeu: com a mesma vontade que você me chupar. Então sorri e cai de boca naquela rola que ainda estava sendo tirada de dentro da farda. Quando ele colocou tudo na minha boca admirei, a tempo não engolia uma pica daquelas. O pau dele estava muito duro, tinha uns 19 cm. Era cabeçudo e rosado e tinha muitas veias. Sem cerimônia, comecei a chupá-lo. Ele estava ficando louco, gemíamos alto. Eu de joelhos sentia bater no fundo da minha garganta e varias vezes engasguei. O tenente me conduzia segurando pelos cabelos e o vai e vem era maravilhoso. Chupava com força e ele gemia me chamando de putinha e ameaçava-me foder com força, ai que eu dava mais mordidinhas. Estávamos ofegantes e descontrolados. Foi quando preocupado com a demora o capitão entrou sem bater na porta. Olhando a cena ele sorriu e disse: bem que eu imaginei. Então o tenente disse: não resisti, ela é muito gostosa e tem pra nós dois, só não pode machucar, é a única regra, tudo bem Camilla? Eu acenei que sim com a rola do tenente latejando em minha boca gulosa. Na hora ele trancou a porta e aproximou se de mim já se despindo da farda e punhetando sua vara grossa de uns 15 cm, já quase dura, ai o tenente disse: vai, seja boa menina chupe nos dois e depois vai ver que sei ser bom. Obedeci na hora, afinal ele era um tenente coronel, uma autoridade (kkk). Eu estava chupando com fome as duas rolas duras e meu coração pulava no peito, na verdade nunca me fiz de santa, vocês já leram meus outros relatos, mas nunca tinha transado com policial, alias dois né. Então o capitão tirou meu vestido e o tenente me mandoueu levantar ajudando-me e disse pro capitão: ela é tarada por mamar os peitos dela, então como ela foi boazinha e eu sou de palavra vamos retribuir a altura. E nesse momento como um sanduíche o capitão veio de frente e o tenente em minhas costas e passaram a chupar meus seios formidavelmente. Senti-me como a salsicha de um grande hot-dog. Que delícia, o capitão chupava e mordia meus mamilos enquanto enfiava a mão em minha bucetinha já molhada e inchada esperando por vara e o tenente em minhas costas virava levemente meu corpo sugando com força meu mamilo esquerdo enquanto enguia minha perna esquerda deixando o capitão à vontade para dedilhar meu grelhinho. Era um misto de tesão e dor gostosa demais. Sentia meus peitos latejando, mas era tão bom. O tenente mamava e mordia dizendo: era isso que você queria Camilla safada, e me mamava... Sentia que ia sair leite de meus peitos de tanta força que era a sucção das chupadas. Com os dois de boca em meus seios já todo mordidos e magoados sentia o capitão enfiando dois dedos em minha buceta e mexendo com agilidade enquanto o tenente apertava e acariciava todo meu corpo se deliciando em minhas curvas e arranhando-me com pressão. Foi ai que o capitão deu uma firme mordida em toda a extensão do meu mamilo direito sugando-o completamente e disse: chega de dedo gostosa, eu quero chupar tua buceta agora. Então o tenente mandou que eu ficasse de quatro no tapete e saiu sentando se no sofá batendo punheta rapidamente. Ele olhou para mim e chamou-me com o dedo dizendo: vem aqui menina, vem chupar teu macho vem. Seja obediente!

Gemendo e engatinhando aproximei de cai de boca no tenente enquanto o capitão me chupava de quatro. Que loucura! O capitão me chamava de gostosa, e alternava com o dedo e a língua em mim. Apertava minha bunda e dava leves palmadas, varias palmadas. Ele abria bem os lábios vaginais deixando do jeito quer ele queria. Eu gemia abafada com aquele cacetão entalado em minha boca, enquanto recebia umas dedadas em meu cúzinho que piscava. Então o capitão disse pro tenente posso começar senhor? Ele disse: sim, mas na buceta porque o cúzinho de minha nova putinha é meu. Agora quero gozar na boca dela, e virando minha cabeça pelos cabelos disse: depois eu vou-te fuder gostoso, minha delicia, a partir de hoje você é minha, o quanto eu quiser, e sorriu deliciosamente olhando em meus olhos, nunca tive uma ruiva branquinha e safada como você. Então o capitão colocou seu pau na minha bucetinha e passou a forçar. Senti seu pau me penetrando devagar, ele me chamava de gostosa o tempo todo e aos poucos bombeava minha buceta num vai e vem maravilhoso. Enquanto isso eu descontava o tesão no pau do tenente, mordia toda a extensão do ‘mastro’ e chupava até as bolas. Os gemidos tomavam conta da casa, que loucura. Então o tenente disse: já fez DP Camilla? Eu disse: não. (mas já tinha feito como relatei em minha primeira DP, lembram?) e ele continuou, vem aqui senta em meu colo de costa pra mim, deixa eu te mostrar uma coisa nova e gostosa, mas não tenha medo pode ficar tranqüila, não vamos te machucar. Se pedir a gente para, beleza? Pensei nem a pau, quero que me fodam gostoso até o talo meus policiais safados. Respondi: tá se precisar eu falo, mas agora mete tudo em mim vem! E com o pau estalando de duro e todo melado com minha baba, o tenente enfiou a mão na minha bucetinha e espalhou em meu cuzinho, ele mordia minha orelha e beijava meu rosto, enquanto o capitão mantinha sua vara dura punhetando e me acariciando o clitóris. Então me descendo de costas o tenente colocou seu pau na portinha de meu cúzinho e foi forçando, e eu gemendo e ele sentindo a pressão de meu cúzinho que embora não era mais virgem, era e ainda é muito apertadinho. E continuava tentando e eu uivando e quando finalmente entrou a cabeçona, eu gritei. Então ele parou, mas não tirou e disse: quer parar? Eu disse não, claro que se eu quisesse, ele não ia parar ia tentar me convencer, mas fez seu charminho e eu o meu. Estava doendo, a rola do tenente era cabeçuda. Ainda dói? Perguntou perto de minha orelhinha mordiscando. Respondi: um pouquinho. Mas depois o prazer tomou conta e mexendo lentamente sentia cada ‘cm’ daquela tora arrombar meu buraquinho. Então o capitão sorriu e disse agora já posso me deliciar também, e veio abrindo ao máximo minhas pernas e enfiando seu pau que não deixava nada a desejar. Eu já estava gritando que nem uma cadela no cio, e eles também ofegavam e gemiam. Era um tesão incrível. Enquanto me arrombavam deliciosamente, o capitão me mamava como se fosse punição para mim, me mordia e me lambuzava de baba. Ele estava eufórico. Eu esta muito bem servida. O tenente forçava pra empurrar seus 19 cm de rola dura e aos poucos estava conseguindo enquanto puxava-me para baixo pelo cabelo. Eles me acariciavam, e me comiam não com brutalidade, mas com firmeza. Eu estava feliz, era o que eu queria e nem pensava em ter pela manha lembram? Uma DP com dois policiais tarados.

O capitão metia com força na minha buceta e apertava minha bunda e me chamando de gostosa, de safada, de cachorra, abrindo-a para o tenente ser facilitado, porque mesmo ele sendo dedicado estava difícil enfiar a metade de seu pau em mim. Eles me beijavam e me acariciavam-me até que de repente senti o anelzinho de meu cu se dilatar e engolir totalmente a tora do tenente enquanto a buceta estava toda arrombada pelo capitão. Magnífico, apenas gemia e rebolava. O capitão me puxava e me apertava me fazendo rebolar e o tenente empurrava mais e mais, ele me condizia segurando-me pelo quadril, e metia sem dó, enquanto beijavam-me e acariciavam-me. Gemíamos e nos deliciávamos muito. Depois de uns 15 minutos sendo deliciosamente devorada pelos dois, eu ainda estava louca de tesão então o capitão me beijou lentamente na boca e eu gozei em sua vara. Eu estava entupida pela vara dos dois quando o capitão disse: vem minha putinha, vem eu vou gozar também. E fechando os olhos deu umas socadinhas mais forte e gozou em mim. Pude sentir o calor de seu leitinho escorrer. Estava pingando suor, quando o capitão tirou seu pau de dentro de mim e sentou no chão ofegante. Então o tenente me puxando com mais força disse: agora é só eu e você, minha linda, quero te devorar com tudo. E sem tira sua vara de dentro de meu cúzinho, ele me colocou de quatro no tapete novamente passou a bombear com seu pau bem forte segurando pelos seios. Ai que dorzinha gostosa, ai que tesão, ter que me mover com uma tora dentro de mim! Eu gritava que ele estava me arrombando e ele bombeava cada vez mais e gemendo muito. Ofegantes transpirávamos muito. Sentia minhas pregas abrirem. Quando de repente ele me bateu seguidamente em minha bunda e disse: Vou te encher de porra minha putinha ruiva, toma porra de seu tenente, de seu macho! E assim fez. Com estocada firmes foi gozando em meu cúzinho que ele alargou, eu senti sua porra como um alívio. Pois estava ardendo muito. Então caiu suado sobre meu corpo acariciando meu cabelo até seu pau sair por si só de dentro de mim. Ficamos os três ali na sala um pouco até que descansamos e nos vestimos. Eu só queria um banho agora. Então acompanhei até a saída, quando chegamos à porta o capitão, beijou meu rosto e disse: você é muito gostosa e cheirosa, se cuida gata, além de mete muito, tive muita sorte hoje. Foi demais. Eu sorri e disse: Foi mesmo, foi ótimo.. Então o tenente parou na porta e disse sorrindo com aquela cara de cachorro deliciosa: posso voltar na sexta para verificar sua CNH, estarei de folga? Eu disse que sim, mas pedi que fosse só eu e ele, porque dois é tudo de bom de vez enquando, mas machuca muito. Ele concordou. Puxou-me para ele e me beijou demoradamente, com um beijo molhado e apertado. Mantenhamos segredo tá? Eu balancei a cabeça que sim, a partir de hoje você é minha e apertou minha bunda. Eu sorri e mordi os lábios. Então saímos para o quintal e ele manteve a posição seria que a sociedade cobra de um tenente da policia. A viatura saiu e eu fui para o banho, sorrindo e relembrando. Que delicia. Eu era a safadinha mais feliz do dia, deveria ter esquecido a CNH antes (kkk). Realmente ele voltou na sexta, só ele e fomos para um sitio que ele tem aqui no abc e ficamos até no domingo lá, mas volto depois para contar pra vocês.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Camilla a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/04/2015 16:32:03
sou muito mais vadia q ele
06/10/2013 23:05:48
vc e uma piranha vagabunda gostosa quer casar comigo vou te der tudo que vc quiser!!!!
31/12/2012 08:43:21
És maravilhosa demais, o tipo de gata que adoraria ter tido na minha vida. Leia minhas aventuras e me adicione: . Beijos.
25/12/2012 22:32:23
Uuuuuuh, vc deve ser uma delicia, uma safada...parabens pelo conto
25/11/2012 20:04:07
Gostei muito , você tem muita sorte em ter sido arrombada por dois machos. Mulher de sorte e muito safada. Parabéns sua Puta.me adicionem:
13/11/2012 22:11:17
Maravilhoso o seu conto ! Pode me mandar seu msn ? Gostaria muito de contatá-la. Meu e-mail é o Bjo
13/11/2012 13:31:04
desse jeito vou querer virar policial kkkkkk
06/11/2012 10:58:23
muito bom me add no msn
05/11/2012 17:40:39
Beleza de conto com excelente narrativa, início meio e fim. Bia, não seja por isso...qq hora dessas, a gente se encontra. Bjs.
05/11/2012 02:10:09
certeza que ainda vou te comer, camilla... me deixou latejando aqui.
03/11/2012 11:56:41
foda, a essa puta na minha casa,
02/11/2012 05:50:29
gostosona, bucetuda e as fotos?
02/11/2012 02:09:29
lindo conto fiquei com tesão me add no msn
02/11/2012 01:35:50
fooooda, que puta gostosa da porra! sou do rj,
02/11/2012 00:36:35
Maravilhoso, nota 10! bjs
01/11/2012 22:58:43
Conto delícia. Assim como a autora.. Beijão
01/11/2012 22:31:09
Uh! Hooottt!!, me deu o maior tesão agora, adorei essa tara por policiaiz, só agora descobri seus contos Raquelzinha e estou gostando muito e só agora tive a oportunidade de comentar.
01/11/2012 21:49:01
Delica de conto! nota 10! quando puder, leia os meus.
01/11/2012 21:39:15
01/11/2012 21:39:12
Maravilhoso, ainda não tive essa sorte de encontrar dois policiais assim tão safados mais ainda tenho esperanças bjsss seu conto foi otimo 10

Online porn video at mobile phone


sexo contos eroticos branquela madame esperimenta rola preta d negro e goza aos gritoscarolzinhabaixinhatrepanocontos bolinada pelo eletricistaxvidio aredando a calcinha qro lado e enchendo a .coNudesminha irmao.dorminocontos eroticos presos enrrabados na cela contos eiroticos leilapornvideo de sexo levei gaia e chamei minha amiga e dois amigo pra fazer sexo gostozovideopornocara do pau grandee grosso batendopunheta olhndo a mulhernuavideos porno irnao irna do xxvideosminha mulher é eu fomos enrabadosFOTOS DE FODA RIJA NEGRAO BIGcoletâneas paraense 2018 xvideos.comcasadinha pacata contosmeu padastro ne colocava para xupar a sua rola ele fala engole sua putinha todo este leitinho q eu gardei para vc sua putinha em portugueskero ver minha esposa dando a buceta cabeluda lurdes para o patraocontos adultos eroticos com gemeos e uma mulherfeitiches euroticos mulheres q senti prazer em chupa um pal e se mija td na calcinha enquanto chupaescandalosa fogosa e gulosa tomando tapa na bunda pornô doidogarota deixa ginecologista de pau duroxisvideo mamaes xmamaes lesbicazcontos eiroticos leilapornConto erotico.no cuzinho da caderantevídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulherflagrei minha patroa na siririca contoscontos eroticos malv comendo as interesseiracanto erotico comi miha sograboquete da irmazinha casadoscontosxnxx disgracada gozandoconto erotico virei amante do negao por chantagemcontos eiroticos leilapornConto gay - "pede rola"xxxvideos.com fudir no banheiro enpregadaxvideos reais acontecidos cara come sua intiada novinha e filma toda a fodaContos mendiga pornosogra transando com a nora e filhocoroa.gemendo na pica de.com30centimetroa japonesinha que não aguenta e se mijafotos de casal gay dormindo pelados agarradinhos wattpadXVIDIOFLIMExxvedeosmulhergostosaminha esposa e seus negoes comedores contoswww.minha esposa.netaqiconto esposa arrombadapai xega do servico cansado e ve sua filha dormino e fode ela pornoxvideos encacho a rola sei coloca maoconto erotico seduzindo o sogro velho coroa grisalho peludogaroto punheteiro macumbeiro xvideocasadinha na suruba c 4 negao sai lambuzada e cuzinho arrombadocontos eiroticos leilaporncontos de corno amates bemdotado rasgado a bucetinha da mulhe na frente do maridocavalo ebcima da loirinha de pau atoladoxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhonítido comendo o c* de lingeriemundobicha coroa perga mulherqui desprevinidoler conto erotico de padre reaispornô enfermeira dando um trato no paciente bem dotado Ela Ficou assustadao casero quer me engravidar contoo pai passa a mao na bucetinha da filha e fode com geitinhocontos erotico gay com meu afilhadoporno doidmae dando cu p filhopornodoidomulher trainicontos safados mais interessantes casada mae filha fazem sexo com gero dotadosela tirou roupa na frente do anão achando que era um menino conto eroticoXVídeos mulher melancia na calcinha e outra no varal para secarconto erótico sou menino mas adoro usar calcinha e ser menina do meu tio malvadoxvideos. sexo. estoria. encardinhocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgezoofilia.com.casaleu tomei um pau gostosomulheres bostas scatPadrasto de pau grade e grosso fundado a etiadaminha baba tava tao gostosa peada pornodoidonovia damdo a bucetinhacontos da julia gorda vidio porno piqueno conhadasexo suor e gemidosporno gay de irmaos e primos quadruploavo reasa sonho de novinha neta pornoquero abri uma janela parA o porno baiano com bucetasdona sia cazarao xvideismulheres ficam atrepada nas paredes com as pernas abertas xnxx.compapai me tirou o cabaçodona cely eo caseiro tom contos eróticoscasada loira gaucha fode c pausudo que enche ela de porra e corno olhafilha senta no colo do pai em busão lotado/casadoscontoscangapor hd pronmeu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticodotado se a mão no cu da vagabunda tá depositei o pintoVidios porno loirinha magra consegui colocar.um pau de 60m no cu xvidios.comnovinha sendo massageada na buceta com lanjeri fio dental deixando se massagista abusar de sua bucetacontos eróticos freiras"noivo me liberou"CONTOSPORNO.insetos.nenémvadia chupadora de buceta contoscontos esposa do pintorContos vi a janara fudendoBUCETINHA QUENTINHA, protegendo com sua BUNDA MARAVILHOSA