Prisioneiras na Colombia (Video-Conto)

Recebi hoje por correio o relato

abaixo e um vídeo que repasso

a vocês. A autora diz que tem

outros vídeos e relatos sobre o

que se passou lá.....

RelatoMeu nome verdadeiro não posso

revelar, mas me chamem de

Lyz, pois este é o nome que usei

na Colômbia.

No final dos anos 90, eu tinha 18

anos e pertencia a um time de

Basquete na minha cidade.

O time vinha ganhado espaço e

vencendo sucessivamente os

campeonatos locais e depois

estaduais.

.

Acho que chamamos a atenção de

algum cartola de basquete da

Colômbia pois recebemos um

convite para irmos jogar contra

um grande time local.

.

Nas nossas férias de julho, 10 meninas incluindo eu todas de

18 anos e uma supervisora de 21 embarcamos num avião para

Bogotá e lá chegando fomos muito bem recepcionadas.

Jogamos 2 dias depois contra o melhor time da cidade e

demos uma surra nelas, que saíram vaiadas pelos próprios

colombianos, do estádio deles.

.

No dia seguinte, já de malas prontas, nos colocaram num

ônibus com destino ao aeroporto, e a bordo nos serviram um

suco de laranja muito gostoso, mas... que continha um sonífero

potente que nos fez desmaiar a todas em poucos minutos.

.

Quando acordamos, estávamos todas nuas e com as mãos

amarradas, numa sala escura e poeirenta, com parca

iluminação. De frente para nós uma colombiana morena com

cara de lésbica mais má que a Carla Zéfira dos contos de vocês

e também um cara esquisito com cabelo preto comprido preso

num rabo de cavalo, sem camisa e portando uma sub

metralhadora. Ficamos aterrorizadas e nem ousávamos falar.

.

A megera, depois soubemos, se chamava Esmeralda, e era

amante de um dos maiores traficantes da Colômbia, e a quem

pertencia o clube de basquete das meninas que derrotamos.

Esmeralda ordenou ao cara de rabo de cavalo que nos

ordernasse a ficar em pé, e ele o fez nos assustando com sua

arma. Estavamos todas geladas de medo.

.

Então Esmeralda foi examinando a nós todas, detendo-se de

vez em quando numa ou noutra garota, apalpando seus seios

ou a fazendo mostrar a bunda. Que mistura de vergonha e

medo estávamos sentindo... Que iriam eles fazer com a gente.

.

Daí a megera me escolheu e me arrastou pra fora da casa onde

havia uma varanda com grades brancas e lá me fez subir numa

banquetinha e amarrou minhas mãos à grade.

Daí apareceu um sujeito grandalhão de camisa florida, calças

brancas e sandálias, que soube depois ser o tal traficante, e

ele se sentou numa cadeira estilizada ao lado da banquetinha

onde eu estava amarrada. Ficou me examinando detidamente

e então fez um sinal pra Esmeralda dizendo: Está bien. Esta

já me sirve. Vamos a ver como és la boquita y el culito de una

brasileña..... Comecei a chorar, pois até aquela época eu ainda

era semi-virgem e estava salvando meu cabaço do cu para

o meu namorado. O máximo que eu fazia era tocar punhetinha

nele e na véspera da viagem deixei ele me enfiar a piquinha

dele só até encontrar o cabaço, mas ele acabou me

descabaçando mas jurando que na volta ele casava comigo.

.

Esmeralda chamou o cara da metralhadora pra ficar vigiando

e me disse: Chiquita... estás viendo el gajo com la arma ?

Tentas salir de acá sin autorizacion y el te passa fuego, y no

será la primera vez... Mire ali no jardin 2 cruces que son de

niñas como usted que no me acreditaran.

.

Daí me desamarrou e me fez ajoelhar em frente ao tal do

Ramirez.. É.. era esse o nome do filho da puta.

O cara então abriu a barguilha e colocou o monstruoso cacete

pra fora, e eu de olhos esbugalhados disse: Não moço, num faz

isso não.. Eu sou virgem.. Por favor...

- Ah és virgencita é ? Que jóia rara... Vamos hacer un acuerdo:

Se me mamas la manguera con temperamiento, no te saco el

selo. Que tal ?

.

E eu fui acreditar que traficante era honesto...

Peguei naquela mangueira (era grande, grossa e quente), dei

um beijinho na cabeça mas ele me puxou pelas orelhas e me

fez afundar a piroca até a metade pela minha boca adentro

até encostar no fundo da minha garganta, enquanto a safada

da Esmeralda ficava sentada na cadeira do lado tocando uma

siririca e falando: Estás viendo Ramirez, usted nunca vá a

arrumar uma namoradita como jo, que te arrumo chiquitas

nuevas y verginas para comer el culito.

.

Eu babava o mais que podia e chupava com esmero para ver se

ele gozava e acabava com meu suplicio, mas para meu espanto

ele disse: Ahora venga me cavalgar menina bonita do Brasil.

- Mas como ? O senhor jurou que não ia tirar meu cabaço..

- Realmente, pero cambie de idéia... Bamos que el chico de la

metralhadora está caliente para acionar el gatilho..

.

Não tive jeito e montei no Ramirez de frente pra ele.

A pirocona era de respeito. Alargou mina cona de menina nova

e a custo e choro se alojou quase toda lá dentro, chegando a

me tocar o útero de tão comprida que era. E Esmeralda a tudo

assistia dando palpite: Ramirez, agarra-lhe pela bunda y me

mostra el culito piscante de la chica. E Ramirez fazia seu

desejo e eu sentia meu cu ao vento. Que vergonha meu Deus.

De cu aberto para uma safada que junto com seu namorado

estavam me seviciando. E as outras meninas lá dentro..?

Sabiam elas pelo que eu estava passando ? E que estava

acontecendo com elas ?

.

Então Esmeralda me ordenou que virasse de costas para o

cara pois agora era ela que queria aproveitar um pouquinho..

Fiz o que queriam e a sinistra se aproximou me olhando no

fundo dos meus olhos e me perguntou: - Já fueste mamada

por uma mujer ? Eu balancei negativamente a cabeça.

Entonces prueba mi lengua... E começou a me chupar os meus

peitinhos.. Esta é uma das partes mais sensíveis do meu corpo

e quando toco siririca a outra mão tá sempre acariciando meus

mamilos, e sorte que esta ação que ela propunha, acabou me

levando a gozar sobre a pica do namorado dela, apesar de eu

estar revoltada com o que eu estava passando.

.

Quando ela sentiu que eu gozei e ia oferecer menos reação ao

próximo ato, ela mesmo me tirou fora da pica quente e me

arrastou até perto da cadeira onde ela havia sentado, me fez

ajoelhar no chão com os braços sobre o assento da cadeira e

disse para o namorado: Viene, viene, que tu presente ia’ está

preparado. Un culito jovencito para tu manguerona caliente.

.

Daí ela começou a lubrificar meu cu com a própria saliva e

lésbica ou bi, sei lá, que ela era, danou de me chupar meu ânus

e pior.. a me enterrar a língua nele na frente do cara.. Eu estava

roxa de vergonha e com vontade de sentar a mão nela, mas o

cara da metralhadora tava ali pertinho me olhando e esperando

uma bobeada minha pra me fazer visitar meus antepassados..

Enquanto isso, o Ramirez engrossava ainda mais seu poste

com uma lenta punheta observando meu cu ser lambido pela

sua patroa enquanto eu me derretia em lágrimas.

.

Eu balbuciei: Para Dona, para.. deixe eu ir embora... Para...

- Como queiras chica.. Ramirez.. venga que el buraquito já está

mohado como te gustas... Prepara-te para el enrabamiento.

- Não dona, no cu não... Por favor... Ele tem um pau muito

grande.. Vai me esfolar toda... Por favor me libera.

- Calada niña... O preferes ser la tercera cruz en el jardin ?

E então eu senti a chapeleta do caralhão do Ramirez me visitar

a roseta. Tranquei o cu, mas a danada da Esmeralda tinha uma

técina. Me cosquinhou a barriga e eu tomei um susto e

descontraí o ânus sem notar. Foi o bastante... Meu esfíncter se

abriu para o tarado, que mandou rola dentro do meu cu virgem.

.

Eu desandei a gritar: Aaaaaaaaai Caraaaaalho !! Tá grande de

mais, páaaara, páaaaaara que não to agüentando, ahnnnnn...

Mas quanto mais eu gritava, mais o Ramirez afundava aquela

tora no meu rabinho. Eu sentia minhas pregas indo pro espaço

e parecia que eu estava fazendo cocô pra dentro. O cheiro e os

grunhidos daquele cara me davam asco, e ele tava se fazendo

no meu corpo.

.

Então Esmeralda começou a me massagear o grelo para eu me

acalmar, e nesse quesito a mulher era uma profissional.

Me beliscava, alisava, massageava o grelo como nem eu sabia

fazer. Era bom demais.. E ainda me abria a bunda com a outra

mão para facilitar a entrada do pau do maluco em mim.

De repente a dor aliviou e eu só sentia uma quenturinha no

rabo e o deslizar da pica nos meus intestinos. Fechei meus

olhinhos e deixei ele se divertir. Só tinha vergonha.. Muiiiiita

vergonha do que estavam fazendo comigo.

.

De repente a vergonha como que num passe de mágica se

transformou num tesão formidável, e eu passei a empurrar a

bunda pra trás, sentindo em cada embate os culhões do safado

baterem sonoramente contra a minha bunda.

.

Então a megera me puxou pelos cabelos e me fez deitar no

chão para o namorado me fuder o cu de ladinho.

Ele fudia com violência e ela me mantinha firme puxando meu

cabelo. Eu gemia e gritava, mas eles não davam a mínima bola

e continuavam com o castigo que eu não merecia pois tinha me

comportado direitinho atendendo a todos os pedidos deles.

.

Daí o Ramirez se levantou e Esmeralda me fez ajoelhar pra

levar na cara a porra que ele estava prestes a soltar, pois além

de enrabar as prisioneiras que Esmeralda lhe conseguia,

também gostava de humilhá-las esporrando na cara delas.

.

Eu nunca tinha recebido porra na cara e ainda mais forçada

assim, A porra esguichou farta em jatos contínuos..

O cara parecia um cavalo alazão perto de uma égua...

Me lambuzou a cara toda...

E Esmeralda comandava:

- Chupe todo niña.. Engole el letche de mi amor todo.

No dejes perder ni una gota putiña.

.

Ainda por cima eles tavam me chamando de puta..

Que sacanagem... Eu tava com vontade de matar os dois

.

- Lambe todo.

- Deja la pica de mi amor limpita com tu boca, Vadia !!!

E eu lambi, suguei, chupei até o pinto dele amolecer.

Só aí me largaram.

Aí veio o safado do cara da metralhadora e me agarrou pelos

cabelos me levando de volta pras minhas colegas, mas não

sem antes me ameaçar dizendo que ele também ia querer

experimentar el culito de la brasileña.

.

Pois é MOD, esta é só a primeira parte do meu relato, que

autorizo você a divulgar para os leitores da Fantasy Island e

da Casa dos Contos.

.

Minhas outras colegas também foram vitimas de atos ainda

mais libidinosos, e só estou relatando isso mais de 10 anos

após o acontecido, porque depois de uns anos a raiva passou

e a lembrança do acontecido passou a me provocar tesão.

Hoje sou casada, mãe de 2 filhos pequenos, e de vez em

quando peço a meu marido para fazer um swing com outro

casal ou outra mulher e ensaimos umas fantasias similares

ao acontecido na Colômbia.. Estranho né ?

.

Um grande beijo para a Carla Zéfira, Nadine, Jacyra

Doméstica, Josué da Fazenda e outros escritores ótimos

que publicam os contos de vocês. Sou fanzoca de carteirinha

tua e deles.

.

MOD, por favor só divulgue o video para quem pedir e

informar o email, tá ?

.

Beijo da...

Lyz (Fantasy Island)

.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Orfao a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/01/2019 22:11:10
me manda o video:
11/02/2018 09:30:19
Muito bom o conto. Me manda o video
25/11/2016 03:56:12
quero o video
Ky
16/12/2015 16:06:47
gostei muito dos teus contos meu e-mail
26/11/2015 13:37:13
olá Fantasy Island eu gostaria muito de receber os contos de vocês por email, meu email é
18/09/2015 20:09:41
Manda o vídeo pra mim adorei o conto nota 10
01/05/2014 15:23:37
também quero esse video
26/11/2013 18:55:57
Já mandei este conto e o video para todos daqui pra baixo que deixaram o email
19/09/2013 21:45:42
Olha Carla recebi o video obrigado mas confesso que pela primeira vez nao consegui assistir essa tragedia que aconteceu la. Mas aqui deixo nota zero para aqueles Colombianos e nota mil para todas as mulheres que suportaram tantas crueldades e humilhaçoes. Bjs amiga.
09/01/2013 15:22:30
achei uma loucura e fiquei aguardando o vidio. Por favor envia pra mim.
14/12/2012 17:45:32
O conto é uma loucura e claro que vou querer ver este vidio.
17/12/2011 16:06:00
manda ai()
31/10/2011 15:59:12
muito bom
14/10/2011 13:52:26
poderiam me passar o o video
29/05/2011 23:47:54
Olha o viadinho do Minx de novo na área... Só que agora até a prima dele ja' confirmou que ele é viado mesmo e mandou um depoimento com video que pode ser visto pelo seguinte link: /
29/05/2011 15:20:39
Daqui pra baixo, todo mundo (menos o Psicopata que não deixo o endereço de email dele) recebeu o conto de novo com fotos e video que enviamos nesta tarde de domingo. Quem mais quizer é só pedir. Abraço do MOD - Fantasy Island
29/05/2011 11:12:35
opa eu quero o video so contos aqui em maioria é exelente
29/05/2011 09:45:37
Adorei o conto me mande o video
29/05/2011 02:51:33
quero o vídeo!
29/05/2011 00:46:53
Quero esse video!


conto lavador de carro pauzudominha enteada estava com a b******** inchada e pediu para mim mussarelamulher de shortinho jeans desfiadinho socado na ruacontos eroticos gays com escola de sadomasoquismocontos herotico ela peido perto de mi comi o cusinho delacontos eroticos malv comendo as interesseiramulher mostrando as butetas cabeludasmae flagra o filho transando com a erma novinha conto eroticoeu moro sozinho com meu filho eu e ele na minha cama meu filho não casava de fuder .minha buceta eu disse pra ele fode meu cu conto eróticoas coroas gemendo e gozando desvairadamente xvideocdc igor seu idiotavizinha Ritinha gemendo bem alto na minha varamininar mostador a bucertarxdios fudendo a irman tirrei o beib dol di vagarinhopauzudosdesaojosedoscamposcontos papai e filhinha seu pinto é grandeconto erotico futebolconto com putinha novasvídeo pornô caseiro mulher voltado foi traído e dá o troco e ele transa camisinha se faz para colocar no coloca em quando vê tudo e ela deixa como comer essa p*** para o c**** vem sem camisinhaconto erotico huntergirls71tarado nuonibutaradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetevideos latifa comendo merdacontos eiroticos leilapornMaduras chupando novinhos contoseroticoscontos encoxei mamae rabudaconto erotico estuprocontos eiroticos leilapornquero baixar pornô novinha chamando o pai de mensagem massagemcoroâs xvideòs boquetes çasadasmeninas novinhas de mini saia e fio dentallindasfilme ponor di intiadas fudendo a foça vom ceu patrastoporno de lobo mal gozando muito no cu da ovelhinha bundudacontos eiroticos leilapornmulher nua de quadrio largo e peito gostoso"felipe e guilherme- amor em londres"fududinhacontos eroticos sou viciado num cuzinho de machoWeslleywest internatoXVídeo pornô a mulher se masturbando na rua andando no meio da rua Rosada molhadinha nenhuma Bruno metrô de todo canto g***** molhadinhahomem goando muito na buca do viado mundo bichaconto erotico com homem velho de sunga coroa grisalhoHomem transando ate o talo tirinhaTia de buceta raspada carenti fudendo no chãomulher ve cara batendo punhwta e pede pa chupar e bebercontos erotico pegando a mulher no flagrateens paus cabeçudos grandes gozando fortes jatos porraNegao gozando na boca do geypornodoido padrasto pensando tórridoConto casada calvalga pica piralhoprovoquei meu pai calcinhaminha vizinhançaxvideosaquelas cunhadinha gostosa f****** com pica devagarinhocachorro pisudo fudendo mulher no matoconto erotico submissawww.contos eróticos.com.br. anal.cornocontos eroticos comi a diarista gordinhauma foda com a professoramae tira i cabaço do filho oica do filho nivo nicu choraxporno com mulhe negha que nao jheta picaporno.aspanteras.irnas.de.causinhas.socadasdou o cuzinho mas sofro muito ele tem um pauzaomulher ve cara batendo punhwta e pede pa chupar e beberporno doido duas mulhres com uma rolona de borracha estrasalha a outramenina inocente brincado com titioxortinhodedormiramitos drmindo com amigo cacetudo e sentindo a vara cotucar seu rabo contos eroticoscontos erotico,meu genro me enrrabou dormindominha filha sentou no meu colo de minisaia conto eroticoContos eroticos escravas na cabanaContos eroticos gay que deu a primira vez e gritou de dorporno gay mundobicha feliz aniversário meu amorcontos eróticos Tema: "Minha tia Patrícia"contos eroticos minha inimiga me pos na cokeiranovinha estruprada e anal aforca ogrigada wdxvidei dei viagra pro meu tiu pra ter a desculpa de chupaloContos eroticos comi minha filha com margarinapornografia.manzorrass loiras dos mamlos rosadoes sendo chupadosloira.bunduda.vestido.coladofazendo.amorconto flagrei meu marido dando o cu para o jardineiro i adorei verminha mãe me surpreendeu contos de incestofistando medalhista olimpico xvideos