Na Sacristia da Igreja, dei pra ele com vontade!...

Um conto erótico de Lady
Categoria: Homossexual
Data: 25/11/2008 21:15:01
Nota 9.00

Quem leu meu primeiro conto sabe como foi que eu comecei...

Eu já tinha batido um boquete pro meu colega de quarto, o Gustavo, ele tinha 17 anos, mas ja tinha trabalhado na roça do pai dele desde os 11, era um loirinho bronzeado de sol, fortinho, ele era uma delicia!...

Eu tinha 13 anos, mas eu já tinha um corpinho lindinho, todo feminino, eu tinha cinturinha, e uma bunda maravilhosa, empinadinha...

Depois do meu 1º boquete nele, inesperiente e sem sal, ele disse que aquilo ficaria entre nós e que nunca mais eu deveria tocar nele daquele jeito.

passaram-se uns 6 meses, iamos levando a nossa vida no Seminário, ajudavamos nas missas de sabado e domingo, estava tudo normal...

Porém, na horas de recreações como eu já tinha contado no outro conto, eu ia tocar piano, na sala de musica do Seminário, ele ia jogar futebol com os outros.

Depois do boquete que eu tinha feito nele, ele sempre saía mais cedo do jogo e ia me olhar tocar piano...

Um dia eu olhei pra tráz, ele estava sentado na cadeira um pouco atráz, estava todo suado, com aquele cheiro de suor, de homem, ele me disse que eu poderia continuar tocando em paz que ele só queria olhar, eu então dei um sorriso safado e continuei a tocar... Eu estava com um mini short que deixava a minha bundinha linda bem a mostra...

Eu logo notei que ele me secava com os olhos... e que o seu pau estava reagindo á aquilo tudo, e por cima da bermuda dele suada, estava um tesão ernome!...

Eu saí de lá e vi que ele me acompanhava com os olhos, cada passo, cada movimento, ele veio atraz e se trancou no banheiro do quarto, eu vim e fiquei escutando pela porta, ele estava se masturbando lá dentro, ele gemia baixinho e falava assim - Ah sua puta, se eu te pego seu viadinho, arregaço essa sua bundinha gostosa!..., aquilo me encheu de tesão, tive que tocar uma enquanto ele se masturbava no banheiro, quando ele saiu, ele tinha se esquecido de se limpar, e tinha um jato na blusa azul escuro dele... ele passou a mão rapido quando viu e disfarçou, o padre veio no quarto em uma fração de segundos depois e disse que estavamos escalados pra missa de quarta de manha, a missa era as 6 horas da manha!

Antes de ir para a Igreja São José, eu coloquei um shortinho mini por baixo, e esfreguei limões no meu pescoço, eu sabia que ele adorava o cheiro dos limões!!!

Depois da missa, na Sacristia, enquanto tirávamos as batinas, ele viu o meu shortinho, e ficava me secando...

o padre Mauro saiu da Sacristia, mas ela estava aberta, e qualquer um poderia entrar, era apertadinha, e tinha apenas um armario lá, então entre as portas dos armários, eu falei com ele -nossa, me ajuda aqui, não estou conseguindo fechar a gaveta!, então ele veio atráz de mim, e eu fingi de inocente e me abaixei atráz dele, senti então seu pau bem no meio do meu rego!

Eu rebolava devagarinho no pau dele, e eu ia gemendo baixinho...

Era tão amedrontador, porém excitante saber que eu estava tentando aquele seminarista, ali, dentro da Igreja, na Sacristia, que qualquer um poderia chgar ali, até mesmo o padre!

Mas eu não estava nem aí, eu só queria dar pra ele ali mesmo, o tesão estava me matando!...

Ele disse que nós não poderiamos jamais fazer nada ali, e que era absurdo, mas o tesão dele falou mais alto...

o Pau dele ficou muito duro, então senti aquele cacete enorme e quente, mesmo por cima das calças me encoxando.. Eu virei pra tráz, o cheiro dos limões ainda estava impregnado no meu pescoço, mandei ele cheirar, ele cheirou, ele apertou forte a minah cintura então, deu um suspiro másculo, forte, e começou a me dra chupões muito fortes no pescoço que até doiam, ele me virou de frente, me deu um tapa na cara, e disse pra mim - Agora sua putinha safada, vai saber o que provocar um homem, vou te fuder inteirinho até voce suplicar pra mim parar sua vagabunda! Agora chupa a minha rola, agora, eu to mandando sua vadiazinha! enquanto foi falando isso ele me empurrou pra frente do pau dele, então aquele pau maravilhoso estava a cm do meu rosto, ele disse quase que gritado - chupa minha putinha safada! eu respondi com a voz mais doce do mundo - claro, a sua putinha aqui faz tudo que voce quiser! e fui lambendo desde o saco até chgar a cabeça, mordisquei a cabeça do pau dele devagarinho, enquanto eu ia fazendo isso ele gemia baixinho, com a boca fechada, até mordendo os lábios, pra ninguem ouvir, então parti pra agressividade e fui com o movimento de vai e vem no pau dele com a minha boca, ele então controlava o boquete com as mãos dele por traz da minha cabeça, ele falava - Isso... Ah putinha... ahh.... assim, engoli tudo sua vadia, aposto que a sua mãe deve ser tão avdia quanto voce... eu comeria voce e ela juntas!... Aquilo me enlouquecia, então senti o pau dele inchar, latejar, e ele gemeu alto, e gozou um jato enorme na minha boca, fiquei com nojo, guardei a porra na minha boca, ele tirou o pau da minah boca, e na hora que ele viu que eu não engoli, ele me deu um tapa forte na cara, e disse - Eu disse que é pra voce engolir vagabunda!, então eu engoli com gosto!

Depois ele me virou de costas, abaixou o meu short, a minha cueca e disse - Agora é o seu Cu sua puta! vou te arrombar inteirinho!, então ele me mandocuspir no pau dele, pra lubrificar, bateu o pau na minha bunda e disse - é agora que voce vai ver estrela piranha!, e foi começando a penetrar no meu cuzinho, doeu muito, eu disse pra ele parar porque estava doendo muito, ele tampou a minha boca e foi metendo sem dó nem piedade, eu chorei de dor no inicio, mas depois ficou gostoso, ele ia devagarinho no vai e vem e falava - Ah puta... Que bunda gostosa, imagina a sua mãe vendo voce aqui sendo cumido pelo rapaz roceiro hein?, Ah...! Rebola no meu pau sua safada, rebola no meu pau!... Então eu rebolava, e eu também gemia alto, ele aumentava a velocidade e então mais uma vez o pau dele aumentou mais ainda de tamanho, ele gemeu muito alto e gozou muito dentro de mim, senti aquele gozo quentinho escorrer pelas minhas pernas e dentro da minha bunda, foi uma delicia!

Ele disse então - Agora vai ser sempre que eu quiser voce vai abrir o cu pra mim vagabunda, puta tem que sofrer e voce vai sofrer muito comigo ainda!

E como sofri, mas sofri e GOZEI! heheheh


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Lady Ivis a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/11/2008 16:47:21
26/11/2008 13:46:42
gostei
25/11/2008 22:02:50
Texto safado de um viadinho mais safado ainda!


o cara comendo a boyzinha da academia dentro do ônibus de saia XVídeosContos eróticos casada no acampadosela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindademulherese vulcão doida pra meter com um taradaocontos eroticos 8 aninhosnovinhas so gost de negraopornolinda loirinha chorando no pau do cara e gemendo muito querendo mudar fundo maluquinhafotos de novihha bucetudaquiz da a bucetinha com 10 aninhos pra mim com 51 anos meti com vontade contosfodeno a parideiraperdeno as prega saino bosta caseirosou casada e fui bolinada gosteiXvixdeos.porno.garotos.puetacontos eroticos sete anosChoupana dentro das Canas canavial pornôpendi pra tranza com minha tiavideo pornotirando peos en el bañotaradona nivinha loca pra dar oacuzin mas o pausudo nao esta dando conta de te comer num enta o cacetemulher com bermudacurtinha paceando na ruacachorro mete na buceta e sai puxando a dona vídeocontos eiroticos leilapornvídeos porno em mendigos pede esmolas e a safada dá pra ele a bucetasexo porno fui no meu ginecologista ao abri a perna ele me chupou todinha deliciacontos eróticos eu e minha namorada e meus amigos olhando filme de sexoContos.minha.sobrinha.não.tem.cabelo.na.buceta.mas.ja.quer.fuder.conto na enchente comi a mulher do chefedoce nanda contos eroticosmeu chefe me comeufilmes de sexo so conegona gorda da buceta inchada e cabiludablogspot novhias porncontos eróticos a babáxvidores arega jogoporno tia chupando a vagina pequeninas branquinha da sobrinhanovinhapubiscontos erticos luferxvidio com eboladas de calcinhaPus so a cabecinha xvideosxxxvideo calsinha no regobucetinha linda eolhadatirei a virgindade do meu amigocomendo minha cunhada que veio morar com agente aspanterasconsolo no cu e vizinhi no muro.. contos eroticosprima novinha pensou que estava sozinha em casa ficou totalmente nua na cozinha de quatro e o primo pegou desprevenido e fudeupai chupa a buceta da filha e éla bufa de tezâocontos de tia dengosa que deitou no meu colomãe bem velha tropa do com filho sexo incesto contos vídeos todos novosmulher dos seios todos pintadinhoscontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramfudendo loirafada coroaforrodais safadahome filma mulhe no oinibocontos da minha sogra deixando a calcinha pra mim cheiracontos eroticos malv comendo as interesseiracavala bundudacontos eroticos privateimagens pra zap tipi eu mkkkContos eroticos idosas crentes do bundao.grandeContos eroticos no sitio fazenda chacaracontos de gay cnncasa dos contos eróticosx vidio porno pegui a mulhe casada de saia na festa puchei a calsinha comiminha prima ñ enxerga muito bem d longe xvideosconto erotico sendo ensinada por papaivelho baixinho exibe picaoconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoirmão gemeos loirinhos emos gay fazendo sacanagemhomempicudo cpmendo cadela no ciocombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinecontospornozoofiliacontos eiroticos leilapornAliviando os funcionarios contos eróticosporno mae surpreebdidaanne carolzinha fofinha gostoza trepano muitocontos eroticos sexo oralvídeo pornô acontece que eu tava ouvindo agorinha cabeludoxnxx porno gay contos eroticos tres coleguinhas inocentes transando no riachocontoerotico.com irmã entrou por engessadaxvideos cm filha aproveita que o pai saiu e arrobo a madresta bem novinhaintiada esbugalha o olhos com pau grande no cu swxo